Bolsa Família com SAQUE de R$ 2,4 MIL? Todos tem direito?

Brasileiros assistidos pelo programa Bolsa Família ainda podem acessar a R$ 2.400 (ou mais) através do Bolsa Família. Veja!

Os pagamentos realizados pelo Governo Federal correspondentes ao programa Bolsa Família dão novos ânimos à população brasileira. O programa atingiu um patamar recorde e, agora, milhares de brasileiros têm a chance de receber até R$ 2.400 da parcela regular do benefício até dezembro. Os valores, inclusive, estão confirmados pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), pasta responsável pelo programa. Mais detalhes você confere a seguir. Acompanhe!

Repasses do programa Bolsa Família somam R$ 2.400 (ou mais) até o final do ano. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br).

R$ 2.400 através do Bolsa Família? Entenda

O Governo Federal confirmou que os cidadãos assistidos pelo programa Bolsa Família poderão receber até R$ 2.400,00 da parcela regular do benefício até o final do ano. A saber, o montante é equivalente à soma das quatro últimas parcelas de R$ 600,00 deste ano. Na prática, isso significa que o valor deve ser pago entre os meses de setembro e dezembro de 2023. No entanto, para algumas famílias esse valor poderá ser ainda maior.

Acontece que a parcela regular é proporcional à quantidade de pessoas que moram na mesma casa e partilham da mesma renda. Dessa forma, famílias maiores recebem valores maiores. Seja como for, é importante deixar claro que a parcela regular não deve ser menor que R$ 600,00, a não ser que a família esteja recebendo algum desconto. Nesse sentido, de acordo com a regra de cálculo, o valor do Bolsa Família deve ser equivalente à soma de R$ 142,00 por pessoa da família.

Ou seja, uma família composta por cinco membros poderá receber até R$ 710,00 da parcela regular. Nas linhas a seguir, veja quanto a sua família pode receber do programa de transferência de renda de acordo com a composição familiar:

  • Famílias com 04 ou menos pessoas: R$ 600,00;
  • Famílias com 05 pessoas: R$ 710,00;
  • Famílias com 06 pessoas: R$ 852,00;
  • Famílias com 07 pessoas: R$ 994,00;
  • Famílias com 08 pessoas: R$ 1.136,00;
  • Famílias com 09 pessoas: R$ 1.278,00;
  • Famílias com 10 pessoas: R$ 1.420,00.

Ademais, é válido lembrar que a família ainda poderá receber dois adicionais, desde que tenham em sua composição, crianças, adolescentes, gestantes e mulheres que estão amamentando crianças de até sete meses (nutrizes). Estes adicionais são: o Benefício Primeira Infância e o Benefício Variável Familiar.

Saiba também: Qual é o valor do Bolsa Família para quem tem 2 filhos? Beneficiários estão EUFÓRICOS com NOVO pagamento do governo

Adicionais do Bolsa Família: o que é necessário para receber?

A saber, o Benefício Primeira Infância é o primeiro adicional desse novo Bolsa Família. Os valores referente a esta novidade começaram a ser pagos em março deste ano, atendendo famílias com crianças de 0 a 6 anos completos. O benefício equivale a R$ 150,00, devendo ser pago a cada uma das crianças da família que se encaixam nos critérios da faixa etária.

Enquanto isso, o Benefício Variável Familiar atende crianças e adolescentes de 7 a 18 anos incompletos, gestantes e nutrizes. Esse adicional, no entanto, garante um repasse menor, uma vez que atende mais membros da mesma família. Dessa forma, uma família deve receber R$ 50,00 de cada um dos membros aptos ao benefício.

Por fim, é importante reforçar que os benefícios adicionais do Bolsa Família são cumulativos, sendo que cada família pode receber até 5 benefícios variáveis. Ou seja, uma família pode receber os dois adicionais ao mesmo tempo, respeitando o limite indicado. Assim, o valor deve ser acrescentado à parcela regular do Bolsa Família, o que garante um aumento importante do benefício.

Saiba também: A cesta básica é um DIREITO de TODOS do Bolsa Família? Veja quem está ELEGÍVEL