Bolsa Família: Governo divulga data de pagamento do adicional de R$ 142

O Ministério do Desenvolvimento Social anunciou algumas mudanças no pagamento do benefício. Novo valor começa a ser pago no próximo mês

O Bolsa Família de 2023 possui uma série de mudanças comparado ao antigo Auxílio Brasil. Ambos os programas de transferência de renda possuem o objetivo de atender as demandas da população em situação de vulnerabilidade social do país. Para o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), no entanto, havia uma injustiça no antigo benefício. 

O pagamento era de R$ 600,00 para todas as famílias. Ou seja, independentemente se as famílias possuíam 1, 2 ou até 10 integrantes, recebiam o mesmo valor. A renda per capita (por pessoa), contudo, não era a mesma. Por essa razão, o MDS mudou a regra do valor do Bolsa Família. Agora, o benefício paga R$ 142,00 por pessoa. O valor total da transferência vai variar de acordo com o número de integrantes da família. 

Governo-divulga-data
Governo Federal divulga a data do novo valor do Bolsa Família – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Bolsa Família de R$ 142,00 por pessoa: entenda a proposta do MDS

Antes de mais nada é importante deixar claro que o Bolsa Família continua com o valor mínimo de R$ 600,00. O Governo Federal garantiu essa quantia para todos os inscritos no programa. Acontece que o benefício não é pago por pessoa e sim por família, como já dito antes. Ou seja, uma família unipessoal – de uma pessoa – recebe R$ 600,00 per capita. Enquanto isso, uma família de cinco integrantes, por exemplo, recebe R$ 120,00 por pessoa. 

Para solucionar o problema, o MDS vai pagar R$ 142,00 por pessoa para as famílias com cinco integrantes ou mais. Ou seja, grupos de até quatro pessoas vão receber a parcela mínima de R$ 600,00. Contudo, o grupo com mais integrantes poderá receber um Bolsa Família ainda maior. Caso a família tenha 10 pessoas, por exemplo, recebe R$ 1420,00. Neste mês de maio, o benefício ainda é de R$ 600,00 por família. 

De acordo com o cronograma do MDS, os R$ 142,00 por pessoa passam a ser pagos em junho. Na ocasião, o Governo Federal vai repassar mais adicionais do Bolsa Família. As famílias com crianças de 7 a 18 anos de idade, poderão receber um extra de R$ 50,00. Enquanto isso, as famílias com gestantes e lactantes também poderá receber um adicional com o mesmo valor. Todos esses pagamentos já estão garantidos para junho. 

Em maio, a transferência de renda está pagando o Benefício Primeira Infância. Ou seja, um adicional de R$ 150,00 para as famílias com crianças de até seis anos de idade. Cada filho nesta faixa etária ganha uma cota do extra, sendo que o limite é de 4 cotas (R$ 600,00) por família. 

Veja também: O novo CARTÃO DE CRÉDITO do Bolsa Família é mesmo real? Tire suas dúvidas!

Como receber o pagamento do MDS? 

Os interessados em receber o Bolsa Família, devem fazer o cadastro no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal). Para ter acesso, é necessário ter como renda mensal familiar per capita até R$ 218,00. A inscrição no banco de dados é feita em uma das unidades do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), apenas presencialmente. A inscrição é feita por família, que deve eleger um responsável do CadÚnico. 

Veja também: Requisitos para GARANTIR o aumento de R$ 150,00 mensal no Bolsa Família