ATENÇÃO: seu Bolsa Família pode ser cancelado por ESTE motivo!

O Bolsa Família é um benefício que alcança milhares de brasileiros, que devem manter as regras em dia para não perderem o pagamento.

O Bolsa Família, fundamental programa de transferência de renda do Brasil, está enfrentando uma fase de bloqueios e possíveis cancelamentos.

Isso se deve principalmente a uma operação de Averiguação Cadastral realizada pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) para identificar famílias com dados desatualizados ou irregulares no Cadastro Único.

Se você quer manter seu Bolsa Família normalmente, fique atento apra não perder o benefício ao descumprir regras.
Se você quer manter seu Bolsa Família normalmente, fique atento apra não perder o benefício ao descumprir regras. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Averiguação cadastral: o que você precisa saber

A Averiguação Cadastral é um processo regular que busca garantir a correta distribuição dos benefícios do Bolsa Família, identificando registros que possam estar desatualizados ou inconsistentes.

Quando uma família é identificada com informações pendentes, seu benefício é imediatamente bloqueado.

Em seguida, a família é notificada para que atualize seus dados no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) dentro de um prazo de 60 dias.

Se não regularizada a situação, o benefício é definitivamente cancelado.

Veja mais: Empréstimo do Bolsa Família disponível novamente? Posso solicitar HOJE (18)? Veja as regras!

Como manter seu benefício seguro

Para evitar bloqueios e cancelamentos, é crucial que os titulares do Bolsa Família estejam atentos às notificações recebidas através do aplicativo oficial do programa (https://bit.ly/3VsNBrM).

A mensagem de alerta geralmente informa sobre a necessidade de atualização cadastral, como exemplificado abaixo:

Mensagem do Bolsa Família – Benefício Bloqueado por averiguação: Você precisa esclarecer informações do seu cadastro. Se você realmente mora sozinho, procure o setor do Cadastro Único da sua cidade e atualize seu cadastro para evitar o cancelamento do Bolsa Família.

Condições para manutenção do Bolsa Família

Além da atualização de cadastro, existem requisitos condicionais que as famílias devem cumprir para continuar recebendo o auxílio:

  • Educação: as crianças de 4 a 5 anos devem ter frequência escolar mínima de 60%; para crianças e adolescentes de 6 a 18 anos, a frequência exigida é de 75%.
  • Saúde: é obrigatório fazer acompanhamento nutricional das crianças de até 6 anos e manter a carteira de vacinação da família atualizada. Gestantes devem cumprir todas as consultas de pré-natal.

Famílias que não atenderem a esses critérios dentro de 60 dias também enfrentarão o cancelamento do benefício.

Veja outros: Mães solteiras do Bolsa Família recebem ótimas notícias em abril; confira

Calendário do Bolsa Família de abril

Apesar dos desafios, a Caixa Econômica Federal confirmou o pagamento dos benefícios de abril, seguindo um calendário escalonado baseado no último dígito do Número de Identificação Social (NIS):

  • 17 de abril: NIS final 1
  • 18 de abril: NIS final 2
  • 19 de abril: NIS final 3
  • 20 de abril: NIS final 4 (antecipado para sábado)
  • 23 de abril: NIS final 5
  • 24 de abril: NIS final 6
  • 25 de abril: NIS final 7
  • 26 de abril: NIS final 8
  • 27 de abril: NIS final 9 (antecipado para sábado)
  • 30 de abril: NIS final 0

Vale destacar que cerca de 5 milhões de famílias terão acesso, também neste mês, ao pagamento do Vale-gás, que ocorre juntamente ao Bolsa Família. O valor em abril é de R$ 102.

Não perca seu benefício!

Manter-se informado e proativo é essencial para garantir a continuidade do recebimento do Bolsa Família.

A atualização do Cadastro Único e o cumprimento das condições do programa são cruciais para evitar bloqueios e cancelamentos.

É importante que todas as famílias beneficiárias sigam rigorosamente as diretrizes e prazos estabelecidos para assegurar que o auxílio continue sendo um suporte vital para o bem-estar familiar.

Acompanhe mais: Estes brasileiros vão receber metade do Bolsa Família em abril; entenda o motivo