Bolsa Família AUMENTOU para R$ 800,00? Entenda o extra HOJE (17)

Em um movimento significativo, o governo brasileiro eleva o valor do Bolsa Família para R$ 800, prometendo maior suporte financeiro às famílias mais vulneráveis do país.

No início de 2024, as famílias brasileiras que dependem do Bolsa Família receberam uma notícia encorajadora: o valor do benefício foi aumentado para até R$ 800.

Este ajuste representa um esforço do governo para apoiar as famílias mais vulneráveis frente aos desafios econômicos crescentes, reafirmando o compromisso de promover o bem-estar social em meio a incertezas econômicas.

Bolsa Família AUMENTOU para R$ 800,00? Entenda o extra HOJE (16)
Veja pagamento extra no Bolsa Familia. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Qual é o novo valor do Bolsa Família em 2024?

Em 2024, o valor do Bolsa Família foi aumentado para até R$ 800. Este ajuste no valor visa proporcionar um suporte financeiro mais robusto às famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade.

O programa inclui agora benefícios adicionais focados na primeira infância e um benefício variável familiar, permitindo que algumas famílias possam receber o valor total de até R$ 800, dependendo da composição familiar e das condições específicas estipuladas pelo programa.

Veja mais: Beneficiários do Bolsa Família podem receber R$ 800 em abril; veja a lista

Quem tem direito ao aumento do Bolsa Família para R$ 800?

O aumento do Bolsa Família para até R$ 800 é destinado às famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade econômica que já são beneficiárias do programa.

Para ter direito ao valor aumentado até R$ 800, as famílias devem atender a certos critérios estabelecidos pelo programa, como ter crianças na primeira infância ou adolescentes até 18 anos, além de gestantes e nutrizes.

O benefício é estruturado para apoiar especialmente famílias com crianças e adolescentes, promovendo uma distribuição de recursos que varia conforme a composição familiar:

  • Parcela Regular: A base do benefício garante um mínimo de R$ 600.
  • Benefício Primeira Infância: Concede R$ 150 adicionais para famílias com crianças de até 6 anos.
  • Benefício Variável Familiar: Fornece R$ 50 por criança ou adolescente entre 7 e 18 anos, gestantes e nutrizes.

As famílias elegíveis para receber o valor ajustado são identificadas através de seus Números de Identificação Social (NIS), e o governo divulga uma lista dos beneficiários para garantir transparência e a correta distribuição dos recursos.

Veja mais: Unipessoais estão na mira do Bolsa Família; veja quem será afetado com o pente fino

Quando começam os pagamentos do Bolsa Família com o novo valor?

Os pagamentos do Bolsa Família com o novo valor de até R$ 800 começaram em abril de 2024. O calendário de pagamentos foi organizado para assegurar que todos os beneficiários recebam seu suporte financeiro de forma organizada e sem congestionamentos.

As datas específicas de pagamento são determinadas de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários. Aqui está o calendário para o mês de abril:

  • NIS final 1: 17 de abril
  • NIS final 2: 18 de abril
  • NIS final 3: 19 de abril
  • NIS final 4: 22 de abril
  • NIS final 5: 23 de abril
  • NIS final 6: 24 de abril
  • NIS final 7: 25 de abril
  • NIS final 8: 26 de abril
  • NIS final 9: 29 de abril
  • NIS final 0: 30 de abril

Essas datas permitem que os beneficiários planejem suas finanças sabendo exatamente quando o auxílio estará disponível, ajudando a evitar qualquer inconveniente financeiro.

Veja mais: Limite de renda: descubra até QUANTO você pode ganhar antes de perder o Bolsa Família

Auxílio Gás: entenda como funciona e quem tem direito

O Auxílio Gás, gerido pela Caixa Econômica Federal, é uma iniciativa nacional que beneficia cerca de 5 milhões de famílias brasileiras com um subsídio de R$ 100 para a compra de botijões de gás de uso doméstico.

Este programa deposita o valor de forma bimestral, com o último pagamento realizado em fevereiro e o próximo previsto para junho.

Os critérios para o depósito seguem a ordem do último número do Número de Identificação Social (NIS) do titular.

Importante salientar que, apesar de o pagamento ser efetuado na mesma conta do Bolsa Família, acessar um benefício não garante o direito ao outro.

O valor do auxílio pode variar a cada período, dependendo da média nacional de preço do botijão de 13 kg, determinada pela Agência Nacional do Petróleo.