Bolsa Família: quando o novo governo vai anunciar as datas de PAGAMENTO?

O Bolsa Família retorna em janeiro do próximo ano e muitos beneficiários esperam o anúncio do calendário de pagamento.

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda do governo federal instituído durante o governo Lula através da Medida Provisória 132, em outubro de 2003. Com o retorno do petista para a presidência, o programa, que foi substituído pelo Auxílio Brasil, também entra em vigor em janeiro do próximo ano, quando o presidente eleito tomar posse.

Datas de pagamento do Bolsa Família devem ser anunciados em breve. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Quando serão anunciadas as datas de pagamento do Bolsa Família?

A PEC de Transição que libera a verba necessária para custear o Bolsa Família, foi aprovada pelo Congresso Nacional. Agora é necessário aguardar a conversão do texto em lei e a regulamentação das normas e critérios para se ter mais informações sobre o funcionamento do programa.

Dessa forma, muita gente se pergunta quando o governo de transição pretende anunciar o calendário de pagamentos do Bolsa Família para o próximo ano. Até agora, nenhuma informação foi divulgada. No entanto, considerando o fato de que o petista pretende focar em reviver as antigas do programa, é possível criar um suposto cenário de funcionamento.

Antigamente, o programa pagava os valores da transferência de renda para os beneficiários sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês. Durante a vigência do Auxílio Brasil, o modelo foi mantido e, portanto, terá continuidade quando o Bolsa Família for oficializado.

Além disso, os valores são pagos de forma gradativa e seguem a ordem do dígito final do Número de Identificação Social (NIS), dado fornecido pelo Cadastro Único. No momento em que a inscrição no sistema é feita, é possível conferir o cartão do benefício que deve ser distribuído nos primeiros meses do ano.

Ainda na época que o programa estava em vigor, os valores eram depositados diretamente no cartão do Bolsa Família. De forma diferente da versão atual da ferramenta, os beneficiários eram autorizados a realizar o saque do benefício em até 90 dias contados após a data do depósito.

Agora a transferência de valores é depositada automaticamente na conta poupança social digital, gerenciada pelo aplicativo Caixa Tem, que permite a movimentação digital dos valores por meio de 10 funcionalidades gratuitas.

Confira também: Brasileiros poderão contar com valor EXTRA do Bolsa Família a partir de janeiro; confira os requisitos para SACAR

Bolsa Família vai ganhar cartão de débito?

A equipe de transição do governo Lula informou que pretende distribuir um cartão de saque para os beneficiários do Bolsa Família em 2023. O propósito da ferramenta será facilitar a movimentação da transferência de renda.

Na versão antiga, o cartão possibilitava que os segurados realizassem apenas o saque integral do benefício. O novo cartão, por sua vez, terá os seguintes objetivos:

  • Facilitar o uso do dinheiro. O cartão poderá ser utilizado inclusive em compras de mercado. Além dos usuários também poderem movimentar seu benefício por meio do aplicativo Caixa Tem;
  • Aqueles que não possuem celular, acesso à internet ou não sabem mexer com o aplicativo precisarão sacar o dinheiro no banco ou na lotérica;
  • Ampliar o uso do cartão para os beneficiários, isso porque ele já existe no Auxílio Brasil, mas atende apenas 8,5 milhões dos 21 milhões de segurados.

Saiba mais: FINALMENTE! PEC que garante o Bolsa Família foi aprovada, entenda as próximas etapas