Bolsa Família 2024: valores e critérios de inscrição já disponíveis

Entenda quais são os critérios e como vai funcionar o pagamento do Bolsa Família em 2024!

O programa Bolsa Família, um dos pilares da assistência social no Brasil, continua sua jornada para ajudar famílias que vivem na linha da pobreza em 2024. O programa, que começou em 2003 e se mantém como um destaque social, deve manter valores importantes para o ano que vem.

Confira, portanto, os detalhes sobre os valores de pagamentos e critérios de inscrição, essenciais para as famílias que dependem dessa assistência vital. Fique por dentro das últimas notícias e saiba exatamente quais devem ser os parâmetros para novos beneficiários e o que segue acontecendo – ou não – a partir dos próximos semestres. Entenda e repasse para os seus familiares!

Bolsa Família
Saiba o que deve acontecer no próximo ano a partir do programa Bolsa Família (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br)

Bolsa Família em 2024

Primeiramente, é importante lembrar que o programa já beneficia milhões de lares brasileiros e serve como um complemento essencial no orçamento familiar para muitos.

Para alguns, ele atua como a principal fonte de renda, principalmente para pessoas em situação de extrema pobreza. O número de famílias beneficiárias já era expressivo em dezembro de 2022, com mais de 21 milhões de lares recebendo o Auxílio Brasil.

Em 2024, o Bolsa Família segue com o objetivo de proteção e assistência social, transferindo renda direta às famílias necessitadas.

Veja também: Bolsa Família pode ter BÔNUS para mães solteiras em dezembro

Quem vai receber o Bolsa Família em 2024?

De acordo com especialistas, a forma de conseguir uma vaga no Bolsa Família 2024 envolve estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) com dados atualizados.

Para isso, as famílias precisam ter uma renda familiar de, no máximo, R$ 218 por pessoa. Se a renda da família, já dentro do programa, aumentar para até meio salário mínimo por pessoa, eles entram na regra de proteção, permitindo que permaneçam no programa por mais dois anos, recebendo metade da quantia anterior.

É importante lembrar que essas mudanças refletem uma adaptação às necessidades atuais das famílias brasileiras.

O ajuste nos valores busca proporcionar um apoio mais significativo, considerando as variações econômicas e o custo de vida. Além disso, os critérios mais rigorosos visam assegurar que o benefício chegue àqueles que realmente precisam, minimizando fraudes e inconsistências.

Valores do Bolsa Família em 2024

Por fim, é importante lembrar que o Governo Federal ainda não confirmou nenhum tipo de alteração significativa em relação aos valores.

Ou seja, todas as famílias seguirão recebendo R$ 600 no mínimo. A conta é de R$ 147 por pessoa cadastrada no CadÚnico da família; mas caso esse valor total não chega a R$ 600 há o complemento automático.

Além disso, seguem sendo pagos os adicionais para vários tipos de beneficiários. A saber, os principais pagamentos adicionais são:

  • R$ 150 para crianças de até 6 anos de idade;
  • R$ 50 para crianças entre 7 e adolescentes até 18 anos;
  • R$ 50 para mães grávidas;
  • R$ 50 para nutrizes – mães que estão amamentando.

Caso apareçam novidades, os beneficiários devem receber os detalhes ainda no primeiro mês do ano.

Veja também: Calendário Bolsa Família dezembro 2023: Datas de Pagamento com Critérios de Recebimento!