- Publicidade -

Bolsa Estudante 2022: Novo Programa pode pagar até R$ 6.250 para mais de 60 mil estudantes

É um projeto focado para aqueles que estão em situação de vulnerabilidade social e investido em educação.

0

O mundo passou por uma das piores pandemias existentes e o nosso país tem buscado formas de recuperar inúmeros prejuízos que os brasileiros tiveram por causa do coronavírus, principalmente nos setores da educação e econômico.

- Publicidade -

Durante a pandemia, inúmeras escolas precisaram fechar e isso, atrapalhou bastante o planejamento das instituições e por isso, várias regiões do país desenvolveram programas sociais para incentivar esses estudantes, como Santa Catarina que criou o Programa Bolsa Estudante SC.

Bolsa Estudante 2022: Novo Programa pode pagar até R$ 6.250 para mais de 60 mil estudantes
Programa Bolsa Estudante SC. Imagem: Agência Brasil

Bolsa Estudante 2022: Novo Programa pode pagar até R$ 6.250 para mais de 60 mil estudantes

Você conhece o Programa Bolsa Estudante SC?  Trata-se de um projeto elaborado pelo Governo do Estado de Santa Catarina e que foi validado esta semana pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina com o objetivo de conceder auxílio anual no valor de R$ 6.250,00 a ser pago para cada um dos 60 mil estudantes do Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos.

- Publicidade -

Portanto, é um projeto focado para aqueles que estão em situação de vulnerabilidade social e investido em educação.

Veja também:  Alimenta Brasil e Auxílio Gás em 2022: Governo institui e regulamenta programas; Veja como receber os benefícios

Como o Programa Bolsa Estudante SC será pago?

O pagamento do benefício será feito por 11 meses no valor de R$ 568,00 e o primeiro depósito começará em fevereiro e o último em dezembro.

- Publicidade -

A estimativa é que o governo catarinense investirá o valor de mais de R$ 375 milhões no ensino público e pode ser que opere até o final de 2024.

Poderá receber o benefício aquele aluno que estiver inscrito no Cadastro Único e que tenham matrícula no ensino médio ou no EJA.

Outro requisito é ter frequência escolar acima dos 75% por mês e um bom rendimento acadêmico. Se, o estudante reprovar, no ano seguinte, perderá o benefício.

É preciso ressaltar que este não é o único programa governamental de assistência a população, até porque há outros criados em âmbito federal.

- Publicidade -

Veja também:  Bolsa Auxílio para Estudantes do Ensino Médio 2022: Programa Todo Jovem na Escola paga R$ 150 mensais; Como receber e quem tem direito

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais