- Publicidade -

Bolsa Atleta 2022: Programa vira lei e vai distribuir bolsas que variam de R$ 350,00 a R$ 1.500,00 – Veja como será a seleção

Serão beneficiados estudantes e atletas profissionais. O objetivo é incentivar a prática desportiva e o bom desempenho escolar e profissional.

0

O investimento em esportes pode tirar muitas crianças e adolescentes das ruas. Além disso, melhora a sua condição física e a sua saúde. O Brasil é um dos países que menos investem em esporte no mundo.

- Publicidade -

Essa falta de visão sobre a importância da prática esporte desde criança tem consequências negativas na fase adulta. A cada ano, a população mundial está obesa. É muito comum virmos crianças e adolescentes acima do peso, com pressão alta, diabetes, entre outras doenças provocadas pelo sedentarismo.

Um outro benefício para quem pratica alguma modalidade esportiva tem muito a ver com o social. O investimento desportivo por parte de governos é essencial para dar oportunidades aos jovens da periferia.

Muitos chegam a se profissionalizar em alguma carreira ligada as atividades esportivas ou se tornam atletas profissionais. Durante as Olimpíadas de Tóquio constatamos a mudança social provocada na vida de adolescentes e jovens. Alguns dos atletas brasileiros vitoriosos começaram em projetos sociais e ao se destacarem passaram a participar de competições importantes.

Hoje eles não são apenas um orgulho, mas um exemplo a serem seguidos.

- Publicidade -

É partindo desse princípio que o governo estadual de Santa Catarina investe no esporte, tornando permanente o Bolsa Atleta.

Vamos saber mais sobre esta iniciativa.

O objetivo é incentivar a prática desportiva./imagem: Gov. Santa Catarina

Bolsa Atleta: o que é, e como funciona?

- Publicidade -

Para continuar beneficiando cerca de 1000 atletas e paratletas do estado catarinense, o governo do estado não mediu esforços para tornar o Bolsa Atleta permanente. Ou seja, torna-se lei. Isso garante a continuidade da inciativa independentemente do gestor que esteja a frente de Santa Catarina.

Agora que foi sancionado, o governo já planeja um processo seletivo para apoiar quem escolheu o esporte como meio de vida. Serão selecionados atletas e paratletas de várias categorias esportivas. Quem for contemplado receberá uma bolsa auxílio de varia de R$ 350 a R$ 1.500. Os recursos investidos no projeto são na ordem de de R$ 8,4 milhões ao ano.

Veja também: Bolsa Auxílio para Estudantes do Ensino Médio 2022: Programa Todo Jovem na Escola paga R$ 150 mensais – Como receber e quem tem direito

Quem será beneficiado?

- Publicidade -

A prioridade do Bolsa Atleta de Santa Catarina é investir em atletas e paratletas que estudem na rede pública ou privada do estado dos ensinos fundamental, médio e superior. Os interessados devem comprovar a matrícula e que estão cursando as aulas. O objetivo do programa é incentivar a prática esportiva e ajudar que os atletas tenham bom desempenho na escola, já que essa é uma das exigências. Não basta apenas frequentar as aulas, precisa ter boas notas.

Além de estudantes, o Bolsa Atleta vai financiar atletas de alto rendimento para incentivá-los a permanecer com vínculo nos clubes catarinenses. É importante destacar que os contemplados no programa estadual não ficam impedidos de participarem de benefícios do governo federal.

Veja também: Novo Crédito para Famílias de Estudantes: Pagamentos começam nesta segunda 10/01 – Veja quem recebe

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais