Benefícios do Governo para 2023: veja o que os brasileiros poderão receber MENSALMENTE no próximo ano

No próximo ano, um novo governo entra no poder e muita gente tem se perguntado quais serão os benefícios oferecidos.

O Governo Federal promove diversos programas de assistência social e transferência de renda para as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica. No próximo ano, o presidente eleito nas eleições de 2022 entra no poder e está trabalhando com sua equipe para providenciar os recursos para os benefícios sociais.

Portanto, confira a seguir quais programas do governo os brasileiros poderão ter acesso no próximo ano.

Benefícios do governo para o próximo ano. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Benefícios oferecidos pelo governo federal em 2023

Durante a campanha eleitoral, o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deixou bem claro quais são as suas propostas para o próximo ano, como por exemplo a manutenção do valor de R$ 600 para o Auxílio Brasil, que agora voltará a se chamar Bolsa Família.

Com isso, a população está aguardando as movimentações sobre a implementação do benefício. O governo de transição já está se mobilizando para conseguir a aprovação definitiva da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que, entre diversas propostas, estabelece uma série de benefícios que podem entrar em vigor no ano que vem.

O documento em questão deverá ser enviado ainda este ano ao Congresso Nacional e pode ser autorizado pelos atuais parlamentares que foram eleitos para os seus respectivos cargos no ano de 2018. Dentre os programas sociais pretendidos por Lula e seu governo, se encontra o aumento real para o salário mínimo.

Desse modo, a ideia é devolver o poder de compra para os brasileiros, de forma a reajustar o piso nacional acima do índice inflacionário.

Ainda não é possível saber os detalhes de quanto as propostas irão custar para os cofres públicos, mas o fator orçamentário fundamental para a aprovação ou não dos auxílios é fundamental para a aprovação da PEC, uma vez que é necessário ter recursos suficientes para bancar as despesas originadas da proposta.

Estima-se que a PEC possa custar por volta de R$ 80 e R$ 200 bilhões, o que é uma margem bem grande para cravar uma projeção mais exata.

Confira também: Como faço para fazer parte do CadÚnico? Cadastro garante acesso a DIVERSOS benefícios

Lista de benefícios previstos para 2023

Em primeiro lugar, vale lembrar que o texto referente à PEC ainda está passando por ajustes, mas considerando as promessas eleitorais e as informações da equipe de transição, é possível projetar os benefícios que estão sendo analisados para serem oferecidos no próximo ano.

Por isso, a lista a seguir não é oficial, mas pode chegar bem próximo do que se pode esperar para o ano que vem. Confira a seguir os programas pretendidos pelo governo Lula:

  • Salário mínimo com ganhos reais;
  • Manutenção do Auxílio Brasil de R$ 600, que voltará a se chamar Bolsa Família;
  • Farmácia popular;
  • Adicional de R$ 150 no Bolsa Família para famílias com crianças de até 6 anos de idade;
  • Isenção do Imposto de Renda;
  • Merenda Escolar

Os benefícios são voltados para as famílias que se encontram em situação de pobreza e extrema pobreza e que estejam inscritas no Cadastro Único.

Saiba mais: Quais os benefícios que os inscritos no CadÚnico podem receber? Confira a lista COMPLETA