Fato ou Fake: Beneficiários que não participarem do Censo terão o Auxílio Brasil cortado?

Informações sobre Auxílio Brasil e Censo 2022 deixam beneficiados preocupados.

Atualmente, muito tem se falado sobre as falsas notícias, ou como ficaram conhecidas, as fake news. Essa modalidade, de criar notícias que não são verídicas, pode acabar confundindo a população e causando insegurança. 

Dessa maneira, existe um extremo esforço do governo e de combater esse tipo de costume de alguns brasileiros. Por isso, é muito importante ficar atento ao material consumido na internet. 

Fato ou Fake: Beneficiários que não participarem do Censo terão o Auxílio Brasil cortado?
Entenda se os boatos são realmente verdade – Imagem: Tânia Rêgo/Agência Brasil; @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Fake News recentes

Estando a pouco tempo do momento das eleições, a internet está lotada de falsas informações para os usuários da rede. Mesmo com os esforços do governo e das mídias para combater essa questão, a cada dia mais pessoas disseminando situações irreais aparecem. 

Dentre as principais notícias falsas que vêm circulando nas redes e na internet, estão aquelas envolvendo o Censo Demográfico que está ocorrendo neste ano. Assim, muitas pessoas acabam ficando confusas quanto a esse serviço por acabarem acreditando em informações irreais. 

Uma das histórias que mais está assustando a população é em relação às perguntas do Censo e o Auxílio Brasil. Os criminosos estão comentando na rede sobre a possibilidade do cancelamento do benefício para as pessoas que não realizaram o procedimento da entrevista. 

Porém, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), assim como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e também o Ministério da Cidadania estão dispostos a desmentir todas as mentiras disponíveis na rede. 

Saiba mais: Fato ou FAKE: Auxílio Brasil pode ter parcelas de R$ 800,00?

O que diz o IBGE?

O órgão emitiu uma nota onde explica que o Censo 2022 não possui vínculo com nenhum tipo de benefício governamental. Sendo assim, não pode ser responsável pelo cancelamento do valor para nenhuma família. 

O objetivo das entrevistas é obter informações prestadas pelos cidadãos do país para conseguir medir os indicadores e porcentagens de todo o Brasil. Porém, todas as informações citadas se mantém de maneira sigilosa pelo instituto. 

Os dados passam a ser utilizados apenas para compor as estatísticas de pesquisa da população brasileira atual. 

O que diz o Ministério da Cidadania?

Já o Ministério da Cidadania, responsável pelo pagamento do Auxilio Brasil, comenta que a expectativa de pagamento do benefício é oferecer os valores de R$ 600 para 20,3 milhões de famílias até o final do ano. 

Assim, explicam que realmente é possível ter o benefício cancelado, porém esse processo só ocorre quando os usuários possuem informações divergentes com o que consta do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). 

O órgão realiza a análise das situações de família de tempos em tempos como forma de selecionar as pessoas que ainda estão com os critérios de elegibilidade dentro dos padrões e assim garantir sua permanência no programa. 

Entretanto, antes que essa situação aconteça, o beneficiário é avisado pelo órgão de que necessita revisar e atualizar as informações junto a um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). 

Porém, ao efetuar esse processo e não mais preencher os requisitos de solicitação dos valores, ele é suspenso do programa. 

Veja também: Verdade ou Fake: 4 coisas que PODEM ou NÃO aumentar o seu SCORE