Beneficiários do INSS tem data limite para se cadastrar no BPC

Equipe de Redação
Atualizado Hoje!

Beneficiários do INSS tem data limite para se cadastrar no BPC – Pessoas que ganham o Benefício de Prestação Continuada (BPC) precisam se inscrever no Cadastro Único ainda este ano!

Beneficiários do INSS tem data limite para se cadastrar no BPC – Saiba de todos os detalhes sobre este benefício oferecido pelo Governo Federal!

Os idosos e pessoas que possuam deficiência e são beneficiadas pelo BPC possuem data limite para se inscrever no Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal. O BPC garante um salário mínimo mensal para a pessoa deficiente  e também para idosos acima dos 65 anos que comprovem não possuir condições de ganhar seu próprio sustento.

Para se inscrever, os dependentes deste benefício devem se dirigir até os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou nas secretarias de assistência social de sua cidade, levando o seu Registro Social (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e um comprovante de residência atualizado.

Se a pessoas em questão tiver alguma dificuldade em se deslocar, a inscrição poderá ser realizada por algum responsável familiar, que precisa levar os documentos de todas as pessoas que moram com o requerente.

Este cadastro é referente a uma portaria efetuada e publicada em 2016, que tem como intuito garantir às pessoas o acesso em 20 outros programas sociais como Tarifa Social de Energia Elétrica, Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e tantos outros.

Beneficiários do INSS tem data limite para se cadastrar no BPC
Foto: Divulgação

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

Benefício de Prestação Continuada (BPC)
Foto: Divulgação

O Benefício de Prestação Continuada (BPC) é dado para idosos acima de 65 anos e pessoas que sofram de alguma deficiência física, intelectual, mental ou sensorial de longo prazo (aquela que produza efeitos pelo prazo mínimo de 2 anos), que o impeça de de fazer parte de forma plena e efetiva na sociedade, e estar em condições igualitárias com as demais pessoas.

Para que a pessoa tenha direito a este benefício, é preciso que a renda por pessoas do seu grupo familiar seja menor que ¼ do salário- mínimo atual. Atualmente, mais de 4 milhões de pessoas recebem este benefício no Brasil, que gera o custo de quase 40 milhões de reais.

Veja todos os detalhes sobre a Mudança na forma de consulta do INSS!

Cadastro Único 2018

Cadastro Único 2018
Foto: Divulgação

Ao total, 2,8 milhões de pessoas já se cadastraram no Cadastro Único 2018, que é uma ferramenta do governo federal. O Ministério do Desenvolvimento Social é mais 2 milhões de pessoas façam sua inscrição até o final de 2018.

É direito de todas as pessoas de baixa renda se inscrever no CadÚnico ou atualizarem seus dados, caso já possuam o cadastro, sempre que acharem preciso. Devido a este fato, as cidades e o Distrito Federal devem possuir uma estrutura adequada para atender a demanda da população, em um tempo razoável.

Página para inscrição no CadÚnico: http://mds.gov.br/assuntos/cadastro-unico/o-que-e-e-para-que-serve/como-se-cadastrar

 

Leia Também