Afinal, beneficiários do Bolsa Família podem CONTRATAR EMPRÉSTIMO?

Os beneficiários do Bolsa Família podem receber mais de R$ 1 mil, a depender da composição familiar. E, se você quiser contratar um empréstimo, é importante conferir este artigo antes.

É possível liberar empréstimo para beneficiários do Bolsa Família? Esta está entre as principais dúvidas dos beneficiários deste programa social, que está entre os principais do governo federal. Desta forma, vamos trazer todas as informações necessárias neste artigo para que todos possam ficar por dentro do assunto.

Muitos acreditam que a Caixa Econômica Federal (CEF) conta com uma linha de microcrédito para disponibilizar este serviço para os beneficiários do Bolsa Família. Vem ficar por dentro de tudo e leia este artigo por completo!

Afinal, beneficiários do Bolsa Família podem CONTRATAR EMPRÉSTIMO?
Saiba se você pode contratar um empréstimo sendo beneficiário do Bolsa Família Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Confira os detalhes do pagamento deste importante programa social

Antes de informarmos sobre a possibilidade do empréstimo, vamos informar os números referentes ao pagamento deste importante programa social. O mínimo a ser pago aos beneficiários é de R$ 600. No entanto, há outros pagamentos extras que são creditados nas contas a partir da composição familiar:

  • R$ 150 às famílias que têm crianças de até seis anos de idade;
  • R$ 50 às famílias com grávidas, lactantes e crianças e adolescentes que tenham entre sete e 18 anos de idade incompletos;
  • R$ 50 às famílias com bebês de até seis meses.

Veja também: Bolsa Família ANTECIPADO: confira a lista dos contemplados!

Empréstimo para beneficiários do Bolsa Família: é possível pedir?

Em linhas gerais, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou, por unanimidade, manter a decisão que faz com que seja possível a contratação de empréstimo consignado por parte dos beneficiários dos programas sociais em geral e não apenas do Bolsa Família. De acordo com as informações do Estadão, esta decisão também chega aos aposentados, trabalhadores da esfera privada e também os servidores públicos.

É importante destacar que o beneficiário vai poder comprometer até 35% do salário mínimo, que atualmente está fixado em R$ 1.320. Ademais, a regra de que as parcelas referentes ao empréstimo possam ser abatidas, de forma direta, da folha de pagamento dos beneficiários, foi mantida.

As pessoas que estiverem interessadas em solicitar algum empréstimo na Caixa Econômica e que recebem o auxílio do Bolsa Família podem fazer o pedido por meio do Programa Progredir. Esta iniciativa tem como objetivo complementar a renda da família a partir da assistência ao pequeno negócio do beneficiário e não deve ser utilizado para o pagamento de dívidas de cunho pessoal, por exemplo.

Para além de receber o programa social, é preciso que o beneficiário esteja cadastrado no CadÚnico para conseguir ter acesso ao empréstimo. Depois de verificar se têm o direito de receber este dinheiro por meio de uma agência da Caixa Econômica, é necessário seguir o passo a passo abaixo:

  • O primeiro passo é conseguir um fiador;
  • Depois, é preciso agendar uma visita junto a um agente da Caixa Econômica Federal;
  • Em seguida, é necessário esperar um prazo máximo de oito dias da visita para ficar sabendo se o empréstimo foi aprovado;
  • Por fim, caso tenha sido aprovado, é preciso esperar o recebimento do dinheiro diretamente na conta da Caixa.

Saiba mais: Este grupo de BENEFICIÁRIOS do Bolsa Família acaba de ser convocado para comparecer em uma agência CAIXA