Grupo de beneficiários do Bolsa Família pode receber novo VALOR EXTRA; veja quem tem direito

As gestantes e as crianças e adolescentes que tenham entre 7 e 18 anos de idade poderão receber o valor extra de R$ 50.

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda oferecido pelo governo federal brasileiro, sendo destinado para as famílias que se encontram em situação de pobreza e extrema pobreza.  Além disso, como requisito é necessário estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais e que tenham renda per capita de até R$ 218. O benefício foi instituído durante o primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2003.

A Medida Provisória 132, que no ano seguinte se tornou lei, foi a responsável por estabelecer o Bolsa Família. Além disso, o principal objetivo do programa é colocar fim no ciclo de pobreza que faz parte de diversas gerações de famílias brasileiras. Para que isso seja feito, são realizadas transferências condicionadas de saúde, renda e educação.

A partir deste mês, um grupo de beneficiários do Bolsa Família ainda poderão receber uma quantia extra. Confira quem tem direito ao bônus!

Benefício extra é liberado para beneficiários do Bolsa Família. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Bolsa Família paga benefício extra de R$ 50

Com o retorno do presidente Lula (PT) para o cumprimento do seu terceiro mandato da Presidência da República, o programa de transferência de renda do governo federal passou por uma série de mudanças.

Dessa forma, neste ano o governo está oferecendo o valor mínimo de R$ 600 para as famílias de baixa renda porque o objetivo é que cada membro familiar possa receber pelo menos R$ 142.  Estão sendo ofertados também alguns benefícios extras.

Desde março, as famílias que têm crianças de até seis anos de idade podem receber o adicional de R$ 150. Neste mês ainda será disponibilizado mais um bônus de R$ 50, destinado às gestantes,  às crianças e adolescentes que tenham idade entre 7 e 18 anos.

Os valores extras são pagos em conjunto com as parcelas mensais do Bolsa Família e depositados de forma automática, ou seja, o governo tem acesso aos dados das famílias por meio das informações descritas no Cadastro Único e, logo, fornece os benefícios. Sendo assim, é muito importante estar com os dados atualizados no programa.

Vale ressaltar que para fazer parte do programa é necessário que a família se enquadre em alguns requisitos. Em primeiro lugar, é exigido que as crianças e adolescentes tenham frequência escolar de pelo menos 75%, já as crianças de até seis anos de idade devem ter acompanhamento nutricional. Ademais, todos os membros da família devem manter o cartão de vacinação atualizado e as gestantes devem fazer o pré-natal.

Confira também: Caixa finaliza os pagamentos do Bolsa Família e saque torna-se disponível para TODOS os beneficiários; resgate o seu!

Calendário do Bolsa Família de junho

As parcelas do Bolsa Família são pagas nos últimos dez dias do mês pela Caixa Econômica Federal. O calendário é ordenado de acordo com o dígito final do Número de Inscrição Social (NIS) dos beneficiários.

Confira o cronograma de junho:

  • 1: 19 de junho;
  • 2: 20 de junho;
  • 3: 21 de junho;
  • 4: 22 de junho;
  • 5: 23 de junho;
  • 6: 26 de junho;
  • 7: 27 de junho;
  • 8: 28 de junho;
  • 9: 29 de junho;
  • 0: 30 de junho.

Saiba mais: Aplicativos com mais de 400 MILHÕES downloads são identificados com VÍRUS; veja se você tem baixado