ÚLTIMAS DIAS: beneficiários do Auxílio Brasil DESTA região precisam atualizar dados de saúde

Os beneficiários selecionados devem comparecer a uma UBS para atualizar os dados de saúde. Caso não o façam, poderão perder o pagamento do benefício.

É muito importante que os beneficiários do Auxílio Brasil fiquem atentos aos requisitos para receberem continuamente o benefício. A saber, algumas regras e exigências podem variar de acordo com a região. Atualmente, os beneficiários de uma região específica precisam atualizar dados de saúde para continuarem a receber o valor, até a próxima quinta-feira (15).

A ação possui como foco mulheres, de 14 a 44 anos, e crianças, de 0 a 7 anos. Dessa forma, todas as famílias da região que possuem em sua composição essas pessoas devem ficar atentas para que a atualização dos dados cadastrais seja feita antes do período final. Quer saber mais sobre? Confira.

Beneficiários devem realizar consulta até semana que vem. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br)

Como o programa Auxílio Brasil atua na saúde?

Muitas pessoas acham que programa Auxílio Brasil é apenas um programa de transferência de renda para a populaçã Porém, vai muito além disso. A saber, o programa surgiu com a Lei nº 14.284, de 29 de dezembro de 2021, que determinou a criação de um programa social de transferência direta e indireta de renda. Porém, com condicionalidades que são coordenadas pelo Ministério da Cidadania, órgão responsável por gerenciar os benefícios e também enviar os recursos para pagamento.

Com o Auxílio Brasil, o governo busca fornecer à população em vulnerabilidade os serviços socioassistenciais. Como o Auxílio possui condicionalidades, ele estimula as famílias beneficiárias a exercerem seu direito de acesso às políticas públicas. Por exemplo, referentes à educação e saúde.

No que se trata das condicionalidades da saúde, o governo exige que as famílias realizem o acompanhamento da situação vacinal e nutricional de crianças menores de 7 anos e o pré-natal de gestantes. Ou seja, é obrigatório que esse público seja auxiliado por uma equipe de saúde da família, unidades básicas de saúde ou por agentes comunitários.

Dessa forma, caso haja a recusa das condicionalidades de saúde pelas famílias, interrompe-se o pagamento do Auxílio Brasil. Um acompanhamento semelhante ocorre no âmbito da saúde, no que se trata de crianças e adolescentes na idade escolar.

Veja também: Dinheiro BLOQUEADO no Auxílio Brasil? Entenda!

Quais beneficiários precisam atualizar dados de saúde?

Como mencionado, os beneficiários de uma região específica devem atualizar dados de saúde para continuarem recebendo o auxílio. A saber, são esses os moradores do Amapá. Até a próxima quinta-feira (15), as mulheres de 14 a 44 anos e crianças de 0 a 7 anos devem comparecer a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para realizarem a consulta médica. Caso não compareçam, podem perder o pagamento.

A consulta, também chamada de “pesagem”, faz a medição do peso das crianças e recém-nascidos. Além disso, também há a medição da altura, atualização do calendário e a suplementação de vitamina A e ferro. Ademais, as mulheres são pesadas e as gestantes, começam a realizar o pré-natal com acompanhamento do governo.

Em Macapá, todas as UBSs da área urbana e rural estão realizando esse atendimento. Já nas outras cidades, é mais seguro ir em uma UBS da área urbana. Sendo assim, as famílias precisam apenas localizar a unidade mais próxima de suas casas.

Veja também: Famílias que solicitaram o CONSIGNADO do Auxílio Brasil se arrependeram? O que está acontecendo?