Banco do Brasil e a DECISÃO que pode afetar idosos e aposentados do INSS; ação é positiva e de até R$ 20 MIL

O Banco do Brasil anunciou a possibilidade de antecipação do 13º salário para idosos e aposentados, incluindo correntistas e pensionistas do INSS. Entenda.

O Banco do Brasil trouxe uma excelente notícia para os idosos e aposentados do país. Em uma decisão inovadora, o banco agora permite a antecipação do 13º salário para seus correntistas e para aposentados e pensionistas do INSS.

Trata-se, na verdade, de uma espécie de empréstimo, que pode ser solicitada pelos correntistas. Continue lendo esta matéria para conferir as condições e elegibilidade desta linha de crédito. 

Banco do Brasil e a DECISÃO que pode afetar idosos e aposentados do INSS; ação é positiva e de até R$ 20 MIL
Banco do Brasil anuncia antecipação do 13º salário – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Banco do Brasil anuncia medida positiva para idosos e aposentados: antecipação do 13º Salário

O Banco do Brasil oferece a possibilidade como uma forma de crédito consignado, demonstrando um importante apoio aos idosos e aposentados, com até R$ 2.000.000 disponíveis para antecipação.

A contratação da antecipação do 13º salário pode ser feita tanto presencialmente, em uma agência do Banco do Brasil, quanto digitalmente, por meio do aplicativo ou do site do banco.

Esse processo facilitado evidencia a preocupação do Banco do Brasil em oferecer soluções práticas e eficientes para seus clientes, destacando a importância de um atendimento personalizado e atencioso.

Benefícios da antecipação

A antecipação do 13º salário traz diversos benefícios, incluindo taxas mais vantajosas, disponibilização rápida do dinheiro na conta do cliente, e a facilidade na contratação do serviço. 

Para aqueles que ainda não são clientes do banco mas têm interesse em aproveitar o benefício, basta baixar o aplicativo, preencher os dados solicitados, enviar documentos para análise, cadastrar uma senha e aguardar pela confirmação.

Calendário de pagamento

O calendário de pagamento do INSS em 2024 prevê que, caso não haja antecipação do abono extra, o 13º salário será pago seguindo o calendário de pagamentos de benefícios do INSS para o ano.

É crucial estar atento às datas para garantir o recebimento do valor de forma correta, independentemente se você tem conta no Banco do Brasil ou em outra instituição. 

Veja também: Banco Central do Brasil acaba de entrar em PARALISAÇÃO; entenda a manifestação do BC que começou dia 21

O 13º Salário: benefício fundamental para os trabalhadores

O 13º salário, também conhecido como gratificação natalina, é um benefício fundamental para milhões de trabalhadores e aposentados em todo o Brasil. 

Esta remuneração adicional, garantida pela Lei nº 4.090/62, tem um impacto significativo nas finanças pessoais das famílias e desempenha um papel importante na economia do país.

Origem 

O 13º salário foi instituído no Brasil em 1962, durante o governo de João Goulart, através da Lei nº 4.090. 

Esta legislação estabeleceu que todos os trabalhadores com carteira assinada têm direito a receber um salário adicional no final do ano, correspondente a 1/12 avos da remuneração por mês trabalhado.

A criação do 13º salário teve como objetivo principal proporcionar aos trabalhadores uma renda extra para enfrentar as despesas típicas do período de final de ano, como compras de presentes, pagamento de dívidas e despesas com celebrações festivas. 

Além disso, o benefício contribui para impulsionar o consumo e aquecer a economia durante o último trimestre do ano.

Impacto na economia

Do ponto de vista econômico, o pagamento do 13º salário tem um efeito multiplicador significativo, estimulando o consumo e impulsionando diversos setores da economia, como comércio varejista, turismo, alimentação e entretenimento. 

O aumento da demanda por produtos e serviços durante o período de final de ano gera empregos temporários e contribui para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do país.

Além disso, o 13º salário também contribui para a redução da desigualdade social, ajudando a diminuir a disparidade de renda entre os trabalhadores e promovendo uma distribuição mais equitativa da riqueza.

Veja também: Banco do Brasil e o PIX de R$ 1.412,00: 4 passos para garantir o saque

Novas anuidades do Banco do Brasil

O Banco do Brasil introduziu um programa inovador que oferece isenção de anuidade em cartões de crédito, juntamente com a opção de parcelar compras à vista, visando proporcionar maior flexibilidade e economia aos seus clientes.

Este programa permite que os correntistas dividam compras feitas à vista em parcelas sem juros abusivos, e também se qualifiquem para a isenção da taxa anual do cartão ao atender certos requisitos.

Quem pode usar?

Clientes que realizam compras nacionais e internacionais usando a função crédito podem se beneficiar dessa isenção, excluindo-se pagamentos de títulos, saques, entre outros.

Para os clientes da categoria Premium, é necessário um gasto mínimo de R$ 10 mil ou manter investimentos no banco com saldo de pelo menos R$ 250 mil para obter a isenção. Através do aplicativo do BB, os clientes podem monitorar seus gastos elegíveis para a isenção, que serão considerados na próxima fatura.