Auxílio R$600 PRORROGADO por 2 MESES: SOMENTE para ESTE GRUPO!

Vinicius Colares
Atualizado Hoje!

Auxílio R$600 PRORROGADO por 2 MESES – Entenda quem poderá contar com uma extensão do Auxílio Emergencial por mais 60 dias!

Foi confirmado que o Auxílio de R$ 600 vai ser prorrogado por 2 meses para algumas pessoas que estão passando por uma situação delicada. O benefício que era pago por 120 em alguns casos, vai ter essa extensão garantida. 

O que vinha acontecendo é que muitas pessoas que tinham o contrato de trabalho suspenso ou redução de jornada de salário e jornada acabavam recebendo essa ajuda por pouco tempo. Por isso foi confirmada essa prorrogação. 

A seguir vamos falar mais sobre esse decreto que poderá ajudar por mais tempo milhões de pessoas em todas as regiões do país. Fique ligado!

Auxílio R$600 PRORROGADO por 2 MESES
Imagem: Divulgação

Prorrogação Auxílio para contrato suspenso

Foi confirmada pelo Governo Federal a prorrogação do Auxílio de R$ 600 para quem teve contrato suspenso ou redução de salário e jornada. A boa notícia é que a extensão vai acontecer por mais 60 dias além do prazo máximo. 

O decreto também vai ser para ampliar o Auxílio Emergencial em dois meses para trabalhadores intermitentes. Até a aprovação do texto, o benefício estava sendo disponibilizado por um prazo de 120 dias (4 meses). 

Outra boa notícia é que essa prorrogação acontecerá, agora, de forma automática. Ou seja, tanto o trabalhador como os empregadores, não precisarão fazer um novo acordo em relação aos valores. 

Benefício prorrogado para quem fez acordos

A prorrogação do benefício de R$ 600 para quem fez acordos é essencial para garantir uma tranquilidade para esses milhões de pessoas que tiveram os contratos suspensos ou jornadas alteradas. Os trabalhadores intermitentes também devem comemorar o decreto. 

Desde 2017, esse tipo de modalidade de trabalho é possível. Isso aconteceu a partir da reforma trabalhista e desde lá, é possível fazer a contratação de trabalhadores que não possuem horários fixos e ganham por horas trabalhadas. 

Essa é a segunda vez que existe a prorrogação da MP 936. Ela virou lei depois de ser aprovada no Congresso e a última edição no texto aconteceu em abril deste ano. A ideia é diminuir a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, diminuindo o número de demissões. 

Prorrogação do pagamento dos acordos 

Por fim, para que a prorrogação do pagamento dos acordos nos valores de R$ 600 aconteça é necessária assinatura do decreto pelo presidente Jair Bolsonaro. A publicação deve acontecer, caso seja aprovada, no Diário Oficial da União (DOU) em breve.

Essa medida foi uma solicitação da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) justamente pelas restrições na reabertura do comércio. O pagamento dos auxílios por mais tempo em caso de acordo, vai facilitar para empresários e donos de estabelecimentos. 

Lançamento Renda Brasil: Novo Bolsa Família será lançado nesta semana!

 

Leia Também