Auxílio Emergencial Supera Rio: Quem pode receber, Valor e Cronograma

Atualizado Hoje!

Auxílio Emergencial Supera Rio: BENEFÍCIO do estado está CONFIRMADO! Veja quem pode RECEBER, o valor das parcelas e as DATAS de pagamento.

Você conhece o Auxílio Emergencial Supera Rio? O benefício emergencial do estado do Rio de Janeiro já foi aprovado na Assembleia Legislativa e está prestes a começar o pagamento das parcelas para famílias em situação de vulnerabilidade social, principalmente as afetadas pela pandemia de Covid-19.

O benefício, assim como vários outros auxílios estaduais, veio para atenuar os efeitos socioeconômicos da pandemia e das medidas de isolamento social, além de garantir uma maior qualidade de vida para os moradores do estado. Explicamos abaixo tudo que você precisa saber sobre o programa; confira!

Auxílio Emergencial Supera Rio
Imagem: Andre Coelho/Getty Images/Divulgação

Como funciona o Auxílio Supera Rio – Valores e cadastro

De acordo com o decreto publicado no Diário Oficial do Estado, os pagamentos do Auxílio Emergencial Supera Rio serão feitos entre maio e dezembro de 2021, com depósitos de R$ 200 por família e acréscimo de R$ 50 para cada filho – com limite de dois menores.

Ou seja, o valor máximo do benefício será de R$ 300. O Governo ainda não estabeleceu como será feito o cadastro do programa, mas tudo indica que serão utilizados como base os dados do Cadastro Único do Governo Federal. Por causa disso, não deve ser necessária uma inscrição especial.

Pagamento do Auxílio de R$ 800,00 começa a partir do dia 17/05: Mães chefes de família já podem consultar as regras para receber o benefício.

Quem pode receber o Auxílio Emergencial Supera Rio?

Como já foi dito, o Auxílio Emergencial Supera Rio é um benefício estadual. Ou seja, só poderão ter acesso ao programa moradores do estado do Rio de Janeiro. Além disso, os beneficiários precisam se encaixar em alguns dos critérios estabelecidos pelo governo estadual. Veja a lista completa abaixo:

  • Chefes de família com renda igual ou inferior a R$ 178 no Cadastro Único dos Governo Federal, incluídas nas faixas de pobreza ou extrema pobreza;
  • Trabalhadores que recebiam até R$ 1.501 e perderam o vínculo formal de trabalho a partir de 13 de março de 2020, atualmente sem fonte de renda;
  • Autônomos, trabalhadores de economia popular solidária, agricultores familiares, microempreendedores individuais, agentes e produtores culturais, costureiras, cabeleireiros, manicures, esteticistas, maquiadores, artistas plásticos, sapateiros, cozinheiros e massagistas, contanto que estejam cadastrados no CadÚnico e dentro dos critérios do programa.

Quem não pode participar do programa?

Além de estabelecer quem pode ter acesso ao Auxílio Emergencial Supera Rio, o governo do estado divulgou também uma lista de critérios que impossibilita a concessão do benefício. Veja abaixo quem não pode participar do novo programa carioca.

  • Pessoas que não residem no Rio de Janeiro;
  • Quem já recebe benefícios previdenciários, assistenciais ou trabalhistas;
  • Quem já recebe o Bolsa Família;
  • Quem recebe outro Auxílio Emergencial federal ou municipal;
  • Presos em regime fechado;
  • Menores de 18 anos (exceto mães adolescentes).

Data de pagamento do Auxílio Emergencial Supera Rio

A regulamentação do programa Supera Rio está prestes a completar um mês, e até agora, o governo não definiu as datas de pagamento. A demora foi bastante criticada pela oposição na Assembleia Legislativa, que afirmou que 100 mil famílias seguem sem o pagamento do benefício.

O Governo estadual, por outro lado, explicou que ainda está dentro do prazo de lançamento dos programas, e que uma equipe trabalha atualmente para decidir como serão realizados os cadastros, os depósitos das parcelas e para definir quais serão as datas de pagamento.

Fique de olho no site para receber todas essas informações em primeira mão!

 

Leia Também