Auxílio Emergencial de R$ 600,00 OUTRA VEZ: 16 ESTADOS ASSINAM para o BENEFÍCIO VOLTAR com o VALOR INICIAL!

Atualizado Hoje!

Auxílio Emergencial de R$ 600,00 OUTRA VEZ: Deputados e senadores também apoiam o retorno do Auxílio de R$ 600 e R$ 1,2 mil!

Atenção: o Auxílio Emergencial pode voltar a R$ 600,00! Essa notícia está ganhando cada vez mais repercussão depois que 16 governadores assinaram uma carta pedindo o retorno do benefício ao valor normal. 

Entenda qual é a situação e como o pagamento do benefício pode acontecer no valor inicial. Confira quem poderá receber os novos pagamentos e como está sendo feita essa nova solicitação.

Auxílio Emergencial de R$ 600,00 OUTRA VEZ
Imagem: Divulgação

 

Auxílio volta a ser de R$ 600?

É verdade que o Auxílio Emergencial vai voltar a ser de R$ 600? É isso que desejam governadores de 16 estados brasileiros que assinaram uma carta pedindo esse retorno imediato aos pagamentos iniciais. 

O documento foi assinado pelos líderes de governos estaduais e enviado para os presidentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados. O pedido de aprovação de um Auxílio Emergencial de R$ 600 é urgente já que milhões de brasileiros estão em situação de pobreza ou extrema pobreza neste momento por conta da pandemia. 

A carta de governadores pedindo Auxílio Emergencial de R$ 600 usa a justificativa de que existe a necessidade de apoio aos mais pobres. O país vive, de acordo com os governadores, uma crise sanitária. 

pedido de aprovação de um Auxílio Emergencial de R$ 600

Como vai ser Auxílio Emergencial R$ 600

A dúvida de muitas pessoas agora é sobre como pode acontecer esse retorno aos pagamentos iniciais. Caso seja acatado por Câmara e Senado, como vai ser o Auxílio Emergencial de R$ 600

O pedido dos governadores é que os pagamentos voltem aos mesmos critérios que haviam sido estabelecidos no ano passado. Ou seja, a intenção é o cancelamento dos novos valores do Auxílio Emergencial (entre R$ 150 e R$ 375) e o retorno ao valor antigo do benefício:

  • Auxílio Emergencial padrão: R$ 600,00 (para informais, MEI e desempregados); 
  • Auxílio Emergencial para mães chefes de família: R$ 1,2 mil. 

Sobre os valores, o que justifica a carta dos governadores aos presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal sobre o valor do Auxílio Emergencial é:

  • Diariamente, vamos recorde de mortes, lotação de leitos hospitalares, ameaça de falta de medicamentos e esgotamento das equipes de saúde. […] Agir contra esse cenário requer medidas sanitárias e garantia de uma renda emergencial. Somente com essas medidas seremos capazes de evitar o avanço da morte. Por isso, entendemos que a redução dos valores do auxílio emergencial é inadequada para a eficácia da proteção da população. Enquanto a vacinação não acontecer em massa, precisamos garantir renda para a população mais vulnerável.

Criação de Novo Auxílio Emergencial de R$ 600

Para atender as expectativas da população e ir de acordo com os governadores, o Governo Federal está estudando a criação de novo Auxílio Emergencial de R$ 600. Uma nova MP iria cancelar os valores atuais de R$ 150 a R$ 375 e iniciar pagamentos amplos. 

O presidente Jair Bolsonaro ainda não se posicionou sobre essa carta, mas sempre foi um defensor do pagamento do benefício nos moldes atuais (com valor reduzido). Por isso é necessário aguardar para saber se o Auxílio de R$ 600 vai voltar

A lista de governadores a favor do Auxílio de R$ 600 ficou assim:

  • Fátima Bezerra – Governadora do Estado do Rio Grande do Norte
  • Eduardo Leite – Governador do Estado do Rio Grande do Sul
  • Renato Casagrande – Governador do Estado do Espírito Santo
  • João Azevêdo – Governador do Estado da Paraíba
  • Flávio Dino – Governador do Estado do Maranhão
  • Reinaldo Azambuja – Governador do Estado de Mato Grosso do Sul
  • João Dória – Governador do Estado de São Paulo
  • Belivaldo Chagas – Governador do Estado de Sergipe
  • Helder Barbalho – Governador do Estado do Pará
  • Renan Filho – Governador do Estado de Alagoas
  • Waldez Góes – Governador do Estado do Amapá
  • Rui Costa – Governador do Estado da Bahia
  • Camilo Santana – Governador do Estado do Ceará
  • Ratinho Junior – Governador do Estado do Paraná
  • Paulo Câmara – Governador do Estado de Pernambuco
  • Wellington Dias – Governador do Estado do Piauí

LIBERADA! Consulta de ABRIL do BOLSA FAMÍLIA + Auxílio Emergencial via CPF: Veja como fazer…

 

Leia Também