Auxílio de R$ 300 é pouco? Veja o que PODE ser COMPRADO com o NOVO VALOR do benefício

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

Auxílio de R$ 300 é pouco? Entenda porque muitas pessoas estão reclamando dos novos valores definidos do Auxílio Emergencial!

Foi confirmada a continuação do principal benefício do país até o fim do ano, mas com redução no valor das parcelas. Agora a discussão é a seguinte: o Auxílio de R$ 300 é pouco? Será que é possível manter uma família com esse valor hoje em dia? 

A partir dessa pergunta vamos trazer algumas informações sobre itens básicos e sobre a possibilidade de fazer uso do Auxílio Emergencial da melhor maneira possível. Entenda os motivos da reclamação de muitas famílias e saiba porquê da diminuição do valor ser tão polêmica. 

Auxílio de R$ 300 é pouco?
Imagem: Divulgação/ClickPB

Auxílio Emergencial de R$ 300, e agora?

Foi definido o Auxílio Emergencial de R$ 300: e agora? Essa é a pergunta que muitos brasileiros estão fazendo já que dependiam exclusivamente dos valores de R$ 600 ou R$ 1,2 mil (mães chefes de família). 

Mesmo com os próprios parlamentares assumindo que esse ainda é um benefício muito pequeno para famílias que estão em situação de desamparo durante a pandemia do Covid-19, a equipe econômica definiu esse valor. A continuação do pagamento integral geraria grandes endividamentos nos cofres públicos, de acordo com o ministro Paulo Guedes e sua equipe. 

O problema é que o Auxílio Emergencial de R$ 300 não dá conta de muitas demandas de uma família comum. Conforme dados de 2015 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a média de filhos no Brasil é de 1,72 por mulher. Parece pouco, mas pensando no alto número de mulheres sem filhos no país, a proporção rebate em famílias com três, quatro ou cinco crianças. 

Pagar as contas com Auxílio de RS 300

Junto com os itens básicos é importante lembrar que muitas famílias agora precisam pagar as contas com Auxílio de R$ 300,00. Os números apresentados por dados simples mostram que pode ser muito difícil fechar o mês sem nenhum débito. 

Algumas informações podem ajudar a ilustrar:

  • De acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em janeiro de 2020, o brasileiro chega a gastar mais de 20% do salário mínimo para pagar as conta de energia: hoje, 20% do salário mínimo equivale à R$ 209,00;
  • Os valores de taxa mínima de água no Brasil, para programas sociais, fica entre R$ 29 e R$ 70,00 aproximadamente;
  • Somando saúde, moradia e alimentação, em 2018, as famílias brasileiras gastaram em média R$ 4.649,03 por mês – de acordo com o IBGE. 

Cesta Básica com Auxílio R$ 300

Mas o dado mais alarmante também surge a partir do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos. Será que é possível comprar cesta básica com Auxílio de R$ 300

A última Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos mostra que vai ser complicado manter a alimentação básica com esse valor:

  • Em julho, os preços das cestas básicas variaram entre R$ 392,75 e R$ 526,14. 

Ou seja, somados os valores médios de luz, água e cesta básica, o Auxílio de R$ 300 dificilmente vai dar conta de metade das despesas. Por isso muitas pessoas estão reclamando dessa redução dos benefícios. 

Para saber mais sobre os novos valores e os calendários de pagamento, acesse: https://pronatec.pro.br/atualizado-hoje-pagamento-bolsa-familia-e-auxilio-r300/

 

Leia Também