- Publicidade -

Auxílio Brasil sem adicional? Governo confirma que não pagará complemento

O governo havia anunciado que os beneficiários que receberam menos de R$ 400 do Auxílio Brasil, teriam o pagamento adicional.

0

Por meio de nota enviada à TV Globo, o Ministério da Cidadania declarou que não haverá pagamento adicional prometido aos beneficiários do programa governamental Auxílio Brasil.

- Publicidade -

Anteriormente, o governo havia anunciado que os beneficiários que receberam menos de R$ 400 do Auxílio Brasil, teriam o pagamento adicional.

No mês de novembro, milhares de famílias brasileiras que recebiam o Bolsa Família receberam apenas R$ 224,41 e no fim de outubro, o Ministério da Cidadania disse que haveria o pagamento complementar do valor faltante para completar R$ 400.

O governo prometeu que esta complementação seria paga este mês.  Contudo, João Roma, ministro da Cidadania afirmou a jornalistas que havia apenas a possibilidade de ser pago o complemento retroativo.

Dessa forma, ele declarou:  “Nós estamos estudando ainda como manejar com a margem desses recursos para que possamos fazer algum complemento em relação ao que deveria se iniciar em novembro”.

- Publicidade -

Contudo, horas depois, informou que não havia previsão legal de pagamentos retroativos do benefício e assim por nota disse:  “Pela legislação em vigor, não há previsão de pagamento retroativos desse benefício”.

Auxílio Brasil sem adicional? Governo confirma que não pagará complemento
Programa Auxílio Brasil. Imagem: Agência Brasil/Marcello Casal Jr.

Auxílio Brasil sem adicional? Governo confirma que não pagará complemento

No início de dezembro, o governo publicou a medida provisória chamada de “Benefício Extraordinário” que liberava o valor necessário para complementar o pagamento faltante.

Porém, por meio de nota, o ministro disse que a medida provisória previa o pagamento do Benefício este mês e que estaria prevista a prorrogação do complemento no período de janeiro e dezembro de 2022, mas ressaltou que não há qualquer previsão de pagar retroativo, isto é, a parcela de novembro.

Veja também:  Plataformas e Apps de Vídeos para ganhar dinheiro usando o Celular: Testados e com pagamentos reais

Assim, não haveria previsão em lei para pagar retroativamente uma parcela de novembro.

De todo modo, o que resta para a população é aguardar e torcer para que a complementação saia no início de 2022.

Veja também:  Como ganhar até 20% de cashback com o App Wynk: Dinheiro de volta para abastecer, compras no mercado, restaurantes e farmácias; Veja como usar

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais