Auxílio Brasil pode contar com PARCELAS DE R$ 800,00? Entenda!

Moradores de uma região do país poderão contar com um benefício aumentando nesse final de ano. Veja quem e por quais motivos!

Algumas famílias de um estado do Brasil poderão contar com parcelas de R$ 800 no final do ano, devido ao Auxílio Brasil e outro repasse regional. Dessa forma, aqueles que tiverem direito ainda podem receber mais dois pagamentos antes do próximo ano, ajudando com as contas do último mês, que costumam ser mais expansivas.

Quer saber quem poderá receber o valor e como o repasse vai ocorrer? Então continue nos acompanhando logo abaixo para não perder nenhuma informação importante!

Moradores de Belo Horizonte poderão contar com parcelas de R$ 800 totais neste final de ano devido ao Auxílio Brasil e ao Auxílio Belo Horizonte. Entenda!
Moradores de Belo Horizonte poderão contar com parcelas de R$ 800 totais neste final de ano devido ao Auxílio Brasil e ao Auxílio Belo Horizonte. Entenda! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Parcelas extras do Auxílio Belo Horizonte

A princípio, as famílias de Belo Horizonte, em Minas Gerais, que se enquadram em situação de extrema pobreza ou pobreza (e que já sejam atendidas pelo Auxílio Brasil) também foram contempladas ao longo do ano pelo chamado Auxílio Belo Horizonte, que repassava um valor complementar ao benefício de transferência de renda do Governo Federal.

Entretanto, no começo de outubro, a Câmara dos Vereadores da cidade acabou autorizando os repasses de mais duas parcelas do programa. Nesse sentido, as famílias do município poderão receber até dezembro um valor extra, que une o auxílio municipal ao federal.

De acordo com as estimativas, mais de 75 mil famílias chegaram a se cadastrar em 2022 para receber o Auxílio Belo Horizonte. Nesse momento, as mesmas famílias terão acesso às parcelas adicionais de R$ 200 do programa (divididas em duas cotas de R$ 100 com pagamentos em novembro e dezembro), desde que estejam em situação de pobreza.

Já as famílias em extrema pobreza receberão mais duas parcelas de R$ 200 (totalizando mais R$ 400 reais nos dois últimos meses). Somando ao Auxílio Brasil, elas receberão R$ 700 e R$ 800, respectivamente.

Vale ressaltar que somente quem já recebeu o benefício no início do ano poderá contar com os repasses extras, já que a prefeitura da cidade não aceitará novos cadastros, visto que o programa termina no dia 31 de dezembro deste ano.

Veja também: Beneficiários do Auxílio Brasil podem ter SURPRESA no pagamento da próxima parcela; entenda!

Pagamento do Auxílio Brasil em 2023

Já sobre o Auxílio Brasil, cabe destacar, primeiramente, que neste mês não haverá antecipação dos calendários de pagamento do benefício, conforme o Ministério da Cidadania já confirmou. Apesar disso, os repasses devem ocorrer um pouco mais cedo do que nos outros meses, devido à época de final de ano. Assim, os pagamentos terão início logo no dia 17 (quinta-feira). Confira o calendário completo:

  • 17 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 1;
  • 18 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 2;
  • 21 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 3;
  • 22 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 4;
  • 23 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 5;
  • 24 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 6;
  • 25 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 7;
  • 28 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 8;
  • 29 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 9;
  • 30 de novembro: recebem os benefíciários com NIS final 0.

Veja também: O consignado do AUXÍLIO BRASIL está de volta: como pedir?