Auxílio Brasil vai ACABAR, mas como fica o EMPRÉSTIMO CONSIGNADO?

Empréstimo consignado concedido aos beneficiários do Auxílio Brasil pode estar com os dias contados.

Depois de alguns meses o Auxílio Brasil teve alterações significativas para os beneficiários. A saber, a criação do empréstimo consignado para os mesmos. Uma vez que para alguns deles isso pode ter sido muito vantajoso. 

Porém, houve muitos questionamentos sobre a concessão desse serviço por parte do novo governo que assumirá em 2023. Ou seja, a Equipe Técnica da área de Desenvolvimento do novo governo aconselha o fim da oferta do consignado do Auxílio Brasil. Veja mais! 

Auxílio Brasil vai ACABAR, mas como fica o EMPRÉSTIMO CONSIGNADO?
Dessa vez será o fim do empréstimo consignado do Auxilio Brasil? Veja a matéria.

Como vai ficar o empréstimo consignado do Auxílio Brasil daqui pra frente?

Como dito anteriormente, pode ser que o empréstimo consignado tenha fim no início de 2023 quando voltar a ser chamado de Bolsa Família.

A equipe técnica enviou um relatório ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para que depois da transição haja a suspensão dessa modalidade de empréstimo consignado.

Essa decisão de suspender o serviço partiu de vários motivos apresentados pela equipe, dentre eles: o comprometimento de renda das famílias mais pobres que mesmo dependendo do benefício, ainda terão as parcelas do empréstimo descontadas automaticamente da conta benefício. Diante disso, caberá ao Presidente Lula definir como ficará essa situação nos próximos meses de 2023. 

Veja também: Novo presidente vai ACABAR com o consignado do Auxílio Brasil? O que acontece com quem já contratou?

Qual será o futuro do consignado?

Depois dessa notícia os beneficiários do Auxílio Brasil ficaram com dúvidas sobre como ficará daqui em diante. Isto é, será que o dinheiro que foi pedido emprestado deverá ser devolvido? 

Claro que não, uma vez que o empréstimo foi concedido antes do encerramento dos contratos nada será alterado. Ou seja, o beneficiário deve continuar assumindo as parcelas até quitar por completo, mesmo que o programa seja cortado no futuro. 

O relatório afirma que o empréstimo consignado do Auxílio Brasil transfere o dinheiro de pessoas mais pobres para o sistema financeiro. Sendo assim, a desigualdade é aumentada no país. É bem verdade que de fato quem adquire o serviço terá sua renda familiar comprometida durante vários meses. 

Lembrando que a ideia de suspender o consignado do Auxílio Brasil pode acontecer ou não. No entanto, o programa pode continuar oferecendo a linha crédito, porém, com juros reduzidos como foi a ideia da Caixa Econômica. Pois a mesma alterou as regras depois das eleições de 2022 e diminuiu o número de liberação de empréstimos.  

Outras questões que foram tratadas para a suspensão do emprestimo consignado foi a derrota de Jair Bolsonaro nas urnas da última eleição. Sendo assim, esse foi mais um dos motivos que o banco decidiu para suspender até mesmo outras modalidades de empréstimos, que poderiam ser concedidas para clientes com alto risco de inadimplência.

Embora no inicio o serviço tenha sido visto com bons olhos, depois da derrota do governo atual (Jair Bolsonaro), a Caixa atualizou a lista de pessoas que não podem mais contratar o serviço consignado do auxílio. Dessa forma, a lista restringiu macivamente a liberação de novos créditos dessa modalidade.

A informação do banco relata que desde de novemnro de 2022 há contratos que não são aprovados pelo próprio sistema. Isso está acontecendo por conta das alterações nos critérios de aprovação do consignado.

Saiba mais: Empréstimo Consignado Auxílio Brasil Caixa: como solicitar, taxa de juros e como sacar