Atraso no Pagamento do Auxílio Emergencial: ‘Apagão’ no Sistema pode ter gerado problema!

Vinicius Colares
Atualizado Hoje!

Atraso no Pagamento do Auxílio Emergencial – De acordo com o notícias divulgadas pelo portal iG, uma falha no sistema pode ter gerado o atraso! Entenda!

Com o número de casos de Covid-19 aumentando em todo o Brasil, o cenário não é o mais otimista para quem está em situação de desemprego. Por isso muitas pessoas estão ansiosas com o atraso do Pagamento do Auxílio Emergencial

Muitos sites especializados estão fazendo o acompanhamento das notícias diariamente e muitos estão tentando explicar o porquê desses atrasos. Uma nova informação foi divulgada no último domingo (10 de maio) falando sobre um possível erro no sistema. 

Confira a seguir mais detalhes e saiba exatamente o que pode ter acontecido. Entenda e saiba como deverão ser feitos os pagamentos das próximas parcelas e de quem ainda não recebeu o primeiro valor. 

Atraso no Pagamento do Auxílio Emergencial
Imagem: Divulgação

Falha no Sistema Auxílio Emergencial

Uma falha no sistema para pedidos do Auxílio Emergencial do Governo Federal pode ter afetado mais de 30 milhões de brasileiros. A notícia foi divulgada na manhã do domingo (10) pela seção de economia do site iG. 

Zap do Bem: Carteira Digital doa R$ 200 para famílias!

De acordo com a notícia, essa falha pode ter afetado os pedidos de quem tentava receber o benefício. Segundo informações levantadas pelos jornalistas do site, a falha aconteceu entre os dias 07 e 10 de abril e muitas pessoas que foram prejudicadas ainda não tiveram o auxílio aprovado

Fazendo um levantamento nas redes sociais, a matéria ainda aponta para vários relatos de pessoas que acreditam que o Dataprev perdeu alguns cadastros feitos no início de abril. O Dataprev é a Empresa de Tecnologia e Informação da Previdência, empresa pública responsável por analisar os cadastros. 

Cadastros Auxílio Emergencial em Análise

A matéria ainda cita detalhes sobre os cadastros para Auxílio Emergencial que estão em análise. Um funcionário da Caixa Econômica Federal foi ouvido pelo portal iG e, de acordo com ele, TODOS os cadastros feitos no dia 07 de abril deram resultado ‘inconclusivo’. 

O governo teria orientado que as pessoas refizessem os cadastros justamente por isso, mas muitos continuam em análise. O que o funcionário, que não quis se identificar, afirmou é que é possível que um lote inteiro de cadastros não tenha sido processado. 

O Ministério da Cidadania, no dia 23 de abril, pediu que as pessoas que se candidataram para receber o auxílio entre os dias 07 e 10 de abril refizessem o cadastro. De acordo com a nota, haveria uma ‘revisão dos cadastros já realizados’. 

Por fim, procurado pelo portal iG, o Dataprev respondeu que o problema nos cadastros de abril aconteceram pelo aplicativo da Caixa. Sobre o atraso na análise dos cadastros do Auxílio Emergencial, a empresa afirmou que alguns cadastros estão em processamento adicional pela complexidade dos cenários e cruzamento de dados. 

Segunda Parcela Auxílio Emergencial

Finalmente, e como fica a segunda parcela do Auxílio Emergencial? As datas e os calendários ainda não foram divulgados oficialmente, mas devem sair nessa segunda semana de maio. 

De acordo com a Caixa, o pagamento será mais eficiente nessa segunda parcela porque a base de dados já está montada. O novo calendário da segunda parcela do Auxílio deverá ter datas mais espaçadas para evitar aglomerações e será divulgado pelo presidente Jair Bolsonaro. 

Confira tudo sobre o benefício a partir do Guia completo do Auxílio Emergencial: https://pronatec.pro.br/guia-do-auxilio-emergencial/

 

Leia Também