Aprenda a DESCOBRIR seu número do PIS e consultar o saldo em 2024

O acesso rápido e digital às informações do PIS/PASEP transforma a maneira como os brasileiros interagem com seus benefícios, promovendo autonomia e controle financeiro.

O Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) são fundamentais para milhões de trabalhadores brasileiros, representando um complemento de renda e, em alguns casos, um apoio financeiro crucial.

Com a era digital em pleno avanço, consultar o número e o saldo do PIS/PASEP tornou-se mais acessível, oferecendo aos beneficiários uma maneira prática de gerenciar seus direitos.

Aprenda a DESCOBRIR seu número do PIS e consultar o saldo em 2024
Confira como descobrir seu número do PIS. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Como posso consultar o número do meu PIS/PASEP?

Para consultar o número do seu PIS/PASEP, você tem várias opções disponíveis, que facilitam o acesso a essa informação importante para todos os trabalhadores brasileiros.

Aqui estão as maneiras mais comuns:

  1. Carteira de Trabalho: O número do PIS/PASEP geralmente está anotado na sua Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), tanto nas versões físicas antigas quanto na digital.
  2. Extrato do FGTS: O número do PIS/PASEP pode ser encontrado nos extratos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que você recebe pelo correio ou pode consultar online através do aplicativo ou site da Caixa Econômica Federal.
  3. Aplicativo Caixa Trabalhador: Disponível para smartphones Android e iOS, esse aplicativo permite consultar o número do PIS, além de informações sobre abono salarial e outros benefícios.
  4. Site Meu INSS: Ao criar ou acessar sua conta no portal Meu INSS (meu.inss.gov.br), você pode encontrar o número do PIS/PASEP na seção de dados cadastrais.
  5. Cartão Cidadão: Se você possui o Cartão Cidadão, o número do PIS/PASEP está impresso nele. O cartão é utilizado para saques de benefícios como o FGTS e o Seguro-Desemprego.
  6. Atendimento telefônico: Ligando para o número 135, você pode solicitar a um atendente que informe seu número do PIS/PASEP. É importante ter em mãos documentos pessoais para verificação de identidade.
  7. Agências da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil: Para PASEP, dirigir-se a uma agência do Banco do Brasil. Para o PIS, a uma agência da Caixa. Nesses locais, funcionários podem ajudar a consultar o número, mediante apresentação de documentos de identificação.

Veja também: Passo a passo para receber o PIS Pasep 2024 de forma adiantada

Quais são as maneiras de verificar o saldo do PIS/PASEP?

Para verificar o saldo do PIS/PASEP, os beneficiários podem recorrer a diversos canais fornecidos pelo governo e pelas instituições bancárias responsáveis. Uma maneira prática é utilizar o aplicativo Caixa Trabalhador ou acessar o site da Caixa Econômica Federal para beneficiários do PIS.

Já para o PASEP, o Banco do Brasil oferece consultas por meio de seu site oficial ou aplicativos móveis. Além disso, o saldo do PIS pode ser consultado em caixas eletrônicos da Caixa, utilizando o Cartão Cidadão e a senha cadastrada.

Para quem prefere atendimento presencial ou precisa de assistência adicional, as agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil estão disponíveis para atender os beneficiários do PIS e do PASEP, respectivamente.

Essas opções garantem que os trabalhadores possam gerenciar e consultar seus benefícios com facilidade, oferecendo transparência e acesso direto às informações sobre seus direitos.

Veja também: Prazo para sacar o PIS Pasep termina amanhã, dia 28: consulte sua conta!

O que fazer se houver divergências no saldo do PIS/PASEP?

Se você encontrar divergências no saldo do seu PIS/PASEP, o primeiro passo é entrar em contato com o banco responsável pelo seu benefício — Caixa Econômica Federal para o PIS e Banco do Brasil para o PASEP.

Isso pode ser feito através dos canais de atendimento ao cliente desses bancos, seja por telefone, pela internet ou pessoalmente em uma agência.

É recomendável ter em mãos documentos pessoais e informações sobre sua conta e seu histórico de trabalho, pois isso pode ajudar a esclarecer as razões para qualquer discrepância encontrada. Caso a divergência persista após o contato inicial, você pode solicitar uma revisão formal do seu saldo.

Isso geralmente envolve a apresentação de documentos que comprovem sua elegibilidade e histórico de contribuições para o programa.

Em situações onde a resolução não seja satisfatória através dos bancos, recorrer à Superintendência Regional do Trabalho ou à Defensoria Pública pode ser uma alternativa para garantir seus direitos.

Veja também: PIS e 13º salário vão CAIR na conta e abril Saiba como isso é possível