Aposentadoria vai MUDAR em 2023? Confira as regras do INSS!

Aposentadoria terá novo salário no próximo ano e beneficiados estão ansiosos.

A aposentaria é um dos pagamentos mais esperados da vida do trabalhador. Aqueles que atuam durante toda a vida esperam ansiosos pelo momento de receber esse benefício. Porém, muitos reclamam da quantia oferecida. 

Sendo assim, sempre que um aumento é comentado, a população já começa a ficar ansiosa pela sua chegada. Agora, é possível que os valores sejam corrigidos com a chegada de 2023. 

Aposentadoria vai MUDAR em 2023? Confira as regras do INSS!
Aposentadoria pode ter reajuste no pagamento – Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Aposentadoria maior

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)poderá receber o reajuste dos valores da aposentadoria durante o ano de 2023. A expectativa é que essa taxa seja de 6,70% tanto neste benefícios quanto em outros programas oferecidos pelo órgão. 

Vale lembrar que o aumento considera a previsão de inflação. Esse número é medido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Essa taxa foi vinculada no documento que recebe o nome de Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2023 (PLDO). 

Ele indica quais serão os possíveis gastos que o governo espera realizar durante o próximo ano. Assim, durante o último mês de agosto ele foi entregue para o Congresso Federal. É importante compreender que a informação mais importante do documento é acerca do salário mínimo. 

De acordo com o PLDO, o salário mínimo de 2023 deverá estar em torno de R$ 1.294. Assim, esse número é usado para calcular diversos benefícios do Governo Federal, o que inclui a aposentadoria. 

É claro que os trabalhadores recebem valores diversos. Porém, grande parte deles recebem o piso, ou seja, o salário mínimo. Com isso, quando esse valor é modificado, a aposentadoria também muda. 

Saiba mais: Recebo aposentadoria por invalidez: posso receber por idade também?

Percentual oficial

Mesmo possuindo um documento para estimar os gastos durante o próximo ano, é impossível ter certeza que a taxa inflacionária permanecerá a mesma descrita no documento. 

Como a economia é um organismo vivo, esse número acaba mudando de tempos em tempos. Dessa maneira, é importante compreender que o reajuste final acontecerá apenas durante o mês de janeiro do ano que vem. 

Neste período, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) irá divulgar a inflação oficial. Por esse motivo, é necessário aguardar até que o valor seja estabilizado. É possível que mesmo sendo modificado, ele não permaneça muito diferente do que se encontra agora. 

É importante compreender que este aumento não tem expectativa de receber uma quantia maior do que a taxa de inflação presente atualmente. Quando esse processo correr é considerado que o salário mínimo não teve aumento real. 

Nos últimos anos esse processo vem ocorrendo com frequência. Assim, a cada ano os trabalhadores têm menos acesso ao mercado. Isso porque mesmo com o salário mais alto, o valor extra não é suficiente para ser usado na compra de novos produtos. 

Na realidade, ele só permite que a pessoa continue a comprar os produtos básicos que receberam aumento em seu valor. Sendo assim, a expectativa de alteração no salário mínimo não tem deixado a população muito animada. 

Considerando o número de endividados no país e a crise econômica enfrentada, seria necessário muito mais do que uma centena de reais para realmente oferecer uma vida confortável para o cidadão que vive com um salário mínimo. 

Veja também: Aposentadoria por invalidez INTEGRAL é concedida aos brasileiros NESTES casos; confira