Aplicativos MOSTRAM se o seu CPF já foi VAZADO e USADO por TERCEIROS: Mais de 220 MILHÕES de DADOS foram EXPOSTOS! CONSULTE…

Atualizado Hoje!

Aplicativos MOSTRAM se o seu CPF já foi VAZADO e USADO por TERCEIROS: Descubra se os seus dados estão disponíveis na internet neste momento e se alguém já usou suas informações para compras ou fraudes!

A segurança cibernética é cada vez mais uma área de preocupação de Governos e órgãos públicos. Mas nós, civis, também precisamos ter cuidado para não cair em golpes e fraudes. Por isso existem aplicativos que mostram se o seu CPF foi vazado ou exposto para terceiros. 

Saiba como conferir todos os detalhes sobre a sua segurança online. Confira se você já foi alvo de hackers ou se já passou por problemas de exposição do seu número de Cadastro de Pessoa Física e outros documentos. 

Aplicativos MOSTRAM se o seu CPF já foi VAZADO e USADO por TERCEIROS
Imagem: Divulgação

Como saber se outra pessoa está usando meu CPF

A primeira questão é: como saber se outra pessoa está usando o meu CPF? Isso parece ser complicado, mas muitas plataformas e empresas de tecnologia já estão auxiliando os civis a manterem seus dados seguros. 

Caso você não saiba, dois grandes vazamentos de informações acabaram expondo 223 milhões de brasileiros recentemente. Entre os dados que foram disponibilizados para uso de hackers estão:

  • E-mail; 
  • Telefone; 
  • Informais fiscais variadas; 
  • RG; 
  • CPF. 

É importante lembrar que não existe exatamente um site seguro para verificar se estão usando o seu CPF. A plataforma ‘Fui Vazado!’ criada pelo desenvolvedor Allan Fernando, por exemplo, foi retirada do ar pelo STF por não ter todas as medidas de segurança garantidas.

Site para saber se fui hackeado

O que especialistas em web segurança e advogados da área dizem é que ainda não foi criado um site para saber se você foi hackeado que seja 100% seguro. O ‘Fui Vazado!’ saiu do ar justamente por pedir o CPF e data de nascimento no site e não ter esclarecimento sobre como obtinha os outros dados. 

Mas calma: ainda existem outras formas de saber se você está com os dados protegidos. O site Registrato Banco Central é um exemplo. Você pode fazer a consulta das suas compras, chaves PIX e muito mais usando esse serviço OFICIAL. Confira a seguir o passo a passo através do aplicativo. 

Aplicativos para monitorar CPF 

Vamos trazer dois exemplos de aplicativos para monitorar a situação do seu CPF de forma rápida. Por eles você pode conferir a sua situação financeira, saber se estão usando para compras e até verificar se tem chaves PIX em seu nome. 

Antes disso, saiba como fica o passo a passo de como se cadastrar consulta no Registrato do Banco Central:

  • Acesse o site oficial do Registrato (https://www.bcb.gov.br/cidadaniafinanceira/registrato); 
  • Se for o seu primeiro acesso vá diretamente no botão ‘Sou pessoa física’; 
  • Faça o cadastro usando seus dados pessoas (o site é oficial do Banco Central, portanto, é seguro); 
  • Depois disso, anote a chave PIN que será disponibilizada para você na tela; 
  • Se você estiver fazendo isso pelo aplicativo, faça o credenciamento do celular pelo site; 
  • IMPORTANTE: informe sempre a mesma instituição financeira no momento do cadastro (apenas aquela que você tem sua conta principal). Pronto!

Além do site oficial para o Registrato é possível conferir detalhes sobre a situação do seu CPF e das suas compras pelo seu banco ou consulta de crédito. Você pode fazer isso sem precisar sair de casa. 

Os principais aplicativos para saber se teve o CPF roubado são:

  • Aplicativo Serasa: você pode fazer a consulta do CPF Serasa para saber se tem algum tipo de dívida que você não tem ideia. Protestos (boletos e cheques não pagos registrados em cartório) também podem ser consultados dessa forma: baixe o aplicativo (para iOS ou Android); 
  • Internet Banking (da sua instituição financeira): é cada vez mais comum também fazer o monitoramento do CPF pelo próprio aplicativo do seu banco. Tenha sempre ele baixado em seu celular e procure atendimento por mensagem pelo próprio app em caso de suspeitas de fraudes ou pagamentos que não foi você que fez. O aplicativo do Banco do Brasil é um dos destaques; entre os privados, o Santander se destaca. 

INSCRITOS no CadÚnico tem DIREITO a BENEFÍCIO de até R$450: Veja como RECEBER e CONSULTAR o VALOR antes do SAQUE!

 

Leia Também