Ainda com Auxílio Negado? Saiba o que fazer!

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

Ainda com Auxílio Negado? Saiba o que fazer! – Saiba o que fazer caso ainda tenha o cadastro em análise ou negado para receber os R$ 600,00!

Neste momento milhões de brasileiros e brasileiras já estão contando com o principal benefício disponibilizado pelo Governo Federal. Mas ainda existe uma parcela da população que está com o Auxílio Emergencial Negado: neste caso, o que fazer?

Diversos relatos de internautas e matérias de jornais e sites especializados estão mostrando que existem pessoas que estão de acordo com os requisitos e, ainda assim, não receberam. Se esse é o seu caso, fique ligado. 

A seguir vamos falar um pouco mais sobre os cadastros que estão nesta situação. Entenda e saiba como você pode contestar e receber os valores de R$ 600,00 ou R$ 1,2 mil. Fique ligado e saiba o que fazer para obter esse benefício. 

Ainda com Auxílio Negado?
Imagem: Divulgação

O que fazer com Auxílio Emergencial Negado

Muitas pessoas estão fazendo essa pergunta: o que fazer com Auxílio Emergencial Negado? Essa é uma dúvida de cidadãos desde o início da distribuição desses benefícios em todas as regiões do país. 

Confira também outros 7 Auxílios que o Governo Federal está oferecendo durante a Pandemia!

Acontece que muitas pessoas estão reclamando que chegaram inclusive a entrar em contato com a ouvidoria da Caixa e com o Dataprev e não conseguiram reverter a situação. O Dataprev é a empresa responsável pelo cruzamento dos dados dos inscritos. 

Mas será que essa é a melhor opção? Antes de mais nada, devemos saber que cada uma das partes possuem funções específicas. Sobre o Auxílio Emergencial com cadastro negado, a Caixa lançou uma nota explicando que a responsabilidade pela análise é da Dataprev com homologação do Ministério da Cidadania. 

Como recorrer Auxílio Emergencial Negado 

Mas então como recorrer ao Auxílio Emergencial negado? Primeiramente, como dito em nota, o banco é responsável apenas pelo pagamento dos beneficiados que já foram aprovados. O Dataprev em nota também divulgou que é parceiro tecnológico do Ministério da Cidadania e não é responsável pelas definições dos critérios. O que é feito pela empresa é apenas a análise das condições. 

O Ministério da Cidadania, por sua parte, disse que é possível recorrer ao Auxílio negado diretamente pelo aplicativo Caixa Tem. 

Como contestar o Auxílio Emergencial

Por fim então: como contestar o Auxílio Emergencial? Segundo a própria Caixa, se a resposta foi ‘dados inconclusivos’ é possível que os inscritos apenas façam uma nova solicitação sem problemas. 

Já no caso de ‘benefício não aprovado’ é necessário seguir uma das duas orientações: realizar a correção dos dados (por nova solicitação) fazer a contestação. Nesse caso específico é possível fazer isso pelo site. 

O passo a passo para contestar Auxílio Negado é o seguinte:

  • Acesse o site auxilio.caixa.gov.br
  • Clique no botão ‘Acompanha sua solicitação’ e preencha com seu CPF, marcando depois da opção ‘não sou um robô’; 
  • Agora informe o código que foi enviado para seu celular por SMS; 
  • Nesse momento se você ver a mensagem ‘Auxílio Emergencial não aprovado’ encontrará dois links logo abaixo; 
  • No primeiro está escrito ‘Realizar nova solicitação’ caso você tenha inserido algum dado errado no primeiro cadastro; 
  • A segunda opção é ‘Contestar essa informação’: se achar que os dados estão corretos e não concordar com o motivo da não aprovação, clique nesse botão e faça a contestação. 

Saiba também como sacar a 2ª parcela do Auxílio Emergencial antes da data: https://pronatec.pro.br/como-sacar-a-2o-parcela-do-auxilio-antes-da-data-programada/

 

Leia Também