Compra segura: 4 dicas para evitar golpes ao adquirir um carro usado em 2024

Pensando em comprar um carro usado, mas está inseguro em fazer negócios? Confira algumas dicas que podem te tranquilizar!

Comprar um carro usado em 2024 exige atenção para evitar cair em golpes cada vez mais sofisticados. 

Com a criatividade dos golpistas em alta, é essencial adotar medidas cautelares durante o processo de compra. Veja como se precaver!

Comprar um carro usado pode ser uma boa ideia, mas é importante se atentar para não levar golpes. Veja como se preparar!
Comprar um carro usado pode ser uma boa ideia, mas é importante se atentar para não levar golpes. Veja como se preparar! / Foto: divulgação.

Vai comprar carro usado? Atenção às dicas!

A princípio, embora seja o sonho de muitos ter um carrinho para chamar de seu, é importante ficar atento ao comprar modelos usados. Confira como!

1. Fique de olho na documentação do carro

Verificar a documentação do veículo é crucial. Solicite os documentos para checar se há multas, verificar a titularidade e obter informações que podem evitar problemas futuros.

2. Faça uma inspeção completa

Realize uma inspeção detalhada do veículo. Avalie condições como peças desgastadas e estruturais, latarias, pinturas e outros sinais de desgaste. Idealmente, essa inspeção deve ser feita por um especialista.

3. Pergunte sobre o histórico do carro usado

Conheça a história de manutenção do veículo e se tudo está em dia. Isso ajuda a entender a procedência do carro, sua conservação e os equipamentos de segurança.

4. Atenção às informações que parecem estranhas

Sempre questione informações que pareçam suspeitas, como quilometragem muito baixa em comparação com o estado de conservação do veículo. Desgastes significativos podem indicar adulteração na quilometragem.

Tome cuidado ao adquirir um carro usado

Em suma, comprar um carro usado é uma decisão importante que exige cautela. A adoção dessas dicas ajuda a garantir uma negociação segura, evitando dores de cabeça e prejuízos financeiros.

Veja também: Carro seminovo, iPhones, bicicletas e patinetes elétricos e mais: veja como participar do novo Leilão da Receita!

Atenção: data do pagamento do IPVA está chegando!

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é um tributo anual obrigatório para proprietários de veículos. 

A data de pagamento varia conforme o estado e o final da placa do veículo. Geralmente, o calendário de pagamento começa no início do ano e oferece opções de pagamento à vista, com desconto, ou parcelado sem desconto. 

É importante ficar atento às datas e aos métodos de pagamento disponibilizados pelo Detran ou Secretaria da Fazenda do seu estado para evitar atrasos.

O que acontece se não pagar o IPVA?

A não quitação do IPVA acarreta uma série de consequências negativas. Além da incidência de multas e juros sobre o valor devido, o não pagamento pode resultar na inscrição do débito em dívida ativa e no protesto do nome do proprietário em cartórios. 

Isso pode afetar o crédito do indivíduo e levar à impossibilidade de realizar o licenciamento do veículo, o que resulta em infração de trânsito de natureza gravíssima, perda de pontos na CNH e apreensão do veículo.

Quais carros não pagam o IPVA?

Carros isentos do pagamento do IPVA variam conforme a legislação de cada estado brasileiro. 

De modo geral, estão isentos veículos como os adaptados para pessoas com deficiência (PCD), táxis e veículos de entidades filantrópicas. 

Além disso, muitos estados oferecem isenção para veículos antigos, com idade superior a 15 ou 20 anos, dependendo da legislação local. 

Essas isenções visam beneficiar grupos específicos e incentivar a preservação de veículos históricos. 

Para solicitar a isenção, é necessário cumprir os requisitos estabelecidos pelo Detran do estado e apresentar a documentação necessária.

Quando renovar a CNH?

Por fim, a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) deve ocorrer periodicamente. 

O prazo para renovação varia de acordo com a idade do motorista. Para condutores com menos de 65 anos, a CNH deve ser renovada a cada 5 anos. Para aqueles com 65 anos ou mais, a renovação deve ocorrer a cada 3 anos. 

É importante não deixar a CNH vencer, pois dirigir com a habilitação vencida há mais de 30 dias é considerado infração gravíssima, resultando em multa, pontos na carteira e apreensão do veículo.

Confira também: Alerta Meteorológico: Chuvas intensas de 100 mm e fortes ventos a 100 km/h – Veja as previsões e localidades afetadas