Prazo para aderir ao Simples Nacional venceu, e agora? O que eu faço?

O prazo para aderir ao Simples Nacional já passou, mas os microempreendedores que quiserem consertar o mal entendido devem ficar atentos.

Você sabia que o Simples Nacional é aquele amigo que todos gostaríamos de ter em tempos de tributações complicadas? Desde 2006, ele tem sido o ombro amigo de microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte.

Mas o que acontece quando o relógio bate meia-noite e o prazo para aderir a esse regime tributário simplificado se esvai? É hora de tomar uma atitude!

Você perdeu o prazo para aderir ao Simples Nacional e está preocupado? Veja o que fazer!
Você perdeu o prazo para aderir ao Simples Nacional e está preocupado? Veja o que fazer! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Como ocorre a adesão ao Simples Nacional?

A adesão ao Simples Nacional é um processo simplificado que permite que micro e pequenas empresas unifiquem o pagamento de diversos tributos em uma única guia, o DAS.

Para aderir, a empresa deve estar dentro dos limites de receita bruta anual estabelecidos pela legislação e não possuir débitos com a União, estados, municípios ou INSS.

A solicitação é feita exclusivamente online, através do Portal do Simples Nacional (https://www8.receita.fazenda.gov.br/simplesnacional/), geralmente no início de cada ano. Uma vez aceita, a empresa passa a usufruir de uma carga tributária reduzida e de uma burocracia simplificada, facilitando a gestão fiscal.

Perdi o prazo para aderir ao Simples Nacional em 2024

Para quem perdeu o trem do Simples Nacional, 2024 se apresenta como um verdadeiro labirinto tributário.

Agora, a escolha se limita ao Lucro Presumido ou ao Lucro Real. Cada um com seus desafios e implicações financeiras, tornando a jornada empresarial um tanto mais árdua.

A única saída

A reviravolta vem com uma solução um tanto drástica: criar um novo CNPJ. Parece extremo? Talvez, mas pode ser a única forma de reabrir as portas para o Simples Nacional.

Contudo, essa decisão não é livre de consequências, especialmente para quem já tem uma estrutura empresarial consolidada.

A porta fechada para aderir ao Simples Nacional

A má notícia é que, para 2024, a chance de aderir ao Simples Nacional após o prazo é nula. O regime tributário não aceitará novos convites e a escolha inevitável entre Lucro Presumido e Lucro Real se impõe. Uma lembrança amarga da importância de manter o olho no calendário tributário.

Veja mais: Declaração do MEI 2024: prazo de entrega é definido, não deixe para depois

Tentativas de prorrogação

Houve um sussurro de esperança com a proposta de estender o prazo para abril ou até maio, visando facilitar a negociação de dívidas.

No entanto, a rigidez da legislação tributária falou mais alto, e a Receita Federal manteve as portas do Simples Nacional firmemente fechadas.

Navegando pelo 2024 tributário

Para os empreendedores que sentiram o sabor amargo de perder o prazo, 2024 será um ano de decisões estratégicas. A escolha do regime tributário terá implicações diretas nas finanças e na operacionalidade das empresas.

O aprendizado? A pontualidade é mais do que uma virtude; é uma necessidade no complexo universo tributário empresarial.

Não perca novos prazos para aderir ao Simples Nacional

Empreendedores, embora as águas de 2024 possam parecer turbulentas, lembrem-se de que a navegação cuidadosa e estratégica pode levar a novos horizontes.

A importância de uma assessoria contábil competente nunca foi tão evidente, e talvez seja esse o momento de investir em parcerias que possam guiar sua empresa por esses mares desconhecidos.

Veja mais: TODO MEI deve fazer a declaração anual? Confira quem está isento dessa obrigação!