- Publicidade -

Abono natalino também será pago em 2022? Brasileiros precisam solicitar ou pagamento cai automático?

Valor extra pode ser destinado às famílias beneficiárias de programa social do Governo

0

No hoje distante ano de 2019, em seu primeiro ano de governo, o presidente Jair Bolsonaro introduziu o pagamento do 13º salário do Bolsa Família, também chamado de Abono Natalino, e agora espera-se que a medida se repita para o ano de 2022 dentro do Auxílio Brasil. Atualmente, são aproximadamente 18,1 milhões de famílias que se encontram em situação de pobreza e extrema pobreza e seguem beneficiárias do programa.

- Publicidade -

Abono Natalino do Auxílio Brasil 2022 é debatido no Senado Federal

Quando houve a troca de um programa social pelo outro, alguns pontos do Bolsa Família foram mantidos e outros acrescentados ao Auxílio Brasil, como o pagamento de parcelas de benefícios extras que podem chegar até a R$ 1.ooo por segurado. Mas o que todos esperam saber é se haverá o pagamento de 13º salário do programa, assim como ocorreu em 2019 com os beneficiários do Bolsa Família.

Veja também: Já trabalhou de carteira assinada? Consulte e descubra se você pode sacar o abono de R$ 1,2 MIL

De acordo com o senador Alexandre Silveira (PSD-MG), um projeto de lei (PL nº 625/22) desenvolvido por ele, institui o pagamento do Abono Natalino para os beneficiários do Auxílio Brasil já neste ano de 2022. Apresentado no ano passado, o parlamentar usa como justificativa, uma promessa de campanha de 2018 do presidente Jair Bolsonaro, que indicava o pagamento de 13º salário aos beneficiários do Bolsa Família.

- Publicidade -

Proposta ainda não foi aprovada

Apesar de Silveira afirmar que o Abono Natalino do Auxílio Brasil seria importante na ajuda de combate à pobreza, sobretudo a extrema, devido ao seu ganho de quase 10% do valor recebido anualmente pelas famílias, o projeto de lei ainda não foi aprovado. Ou seja, ainda não temos a confirmação de que os pagamentos serão feitos neste ano. O texto da PL ainda está sendo discutida no Senado Federal e não há garantias de quando poderá ser aberta para votação dos parlamentares. Caso isso ocorra, precisaria ser aprovado também na Câmara dos Deputados para só então ir para sanção presidencial.

Por fim, se a PL passasse por todos esses trâmites, isso significaria um aumento de 50% nos valores do benefício dentro do mês de junho e de 50% no mês de dezembro. Para isso, seria necessário a óbvia identificação do responsável de acordo com seu Cadastro de Pessoa Física (CPF). O texto da proposta prevê ainda o mesmo pagamento aos beneficiários do Auxílio Esporte Escolar, pago aos alunos que se destacam em competições esportivas oficiais, e da Bolsa de Iniciação Científica Júnior, para estudantes que tenham visibilidade em disputas acadêmicas e científicas.

Veja também: Parcela extra do 13° salário do Auxílio Brasil foi liberada em dois estados: “Abono Natalino” já está disponível

- Publicidade -

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais