4 coisas que você não sabia sobre os gatos; você vai se surpreender

Eles são ou não são os bichanos mais fofos do mundo?

Que os gatos são fofos, espertos, arteiros e desconfiados todo mundo já sabia. Mas amamos eles assim mesmos com toda aquela empáfia felina. Mas a médica veterinária Luana Sartori resolveu elencar algumas curiosidades sobre nossos felinos queridos que podem fazer todos se surpreenderem. Separamos quatro curiosidades intrigantes sobre esses bichinhos que adoram escalar nas coisas, trazer insetos para a cama e conquistar o nosso coração.

gatos curiosidades
4 coisas que você não sabia sobre os gatos – Imagem: Divulgação

Cérebro felino é bem parecido com o humano

Que seu gatinho é muito esperto e perspicaz não era bem uma novidade. Mas você sabia que os felinos têm uma região cerebral praticamente idêntica à nossa? Diferente dos cães que pensam mais com o coração (amamos também!), os gatos usam essa especialidade do cérebro para nos avaliar. Por conta disso, sabem exatamente como cada pessoa da família funciona individualmente e sabem o jeito certo de tratá-las. Agora quando você vir o seu Simba te olhando de longe e prestando atenção em tudo que você faz do alto da Pedra do Reino, já sabe o porquê.

Veja também: De acordo com o seu signo conheça o melhor pet para acompanhar você a partir de 2022

Nem sempre pequenos, nem sempre levinhos

Gatinhos são em geral pequenos e levinhos, certo? Errado! A raça Maine Coon, por exemplo, pode chegar a pesar até 12 kg e é considerada uma das maiores na lista dos gatos domésticos. Segundo a veterinária Luana Sartori, esses gatos são chamados de ‘gigantes gentis’ por serem extremamente amorosos e por terem até 100 cm de comprimento e 41 cm de altura. Então não se assuste se vir um Tigrão andando pela sala, ok?

Sete vidas ou mais?

Todos amam seus bichinhos mas ficam preocupados em quanto tempo poderemos conviver com esses anjinhos. A veterinária Luana diz ser difícil afirmar quantos anos um pet pode viver porque depende de muitos fatores, como a genética animal, sua raça e, principalmente, o ambiente onde vive. De acordo com ela, os bichinhos que vivem na rua têm expectativas pequenas, de três anos talvez. Mas se o seu Banjo, mesmo doentinho, ainda tiver fôlego para ficar com aquela carinha de cínico e com pique para botar para correr cachorros intrometidos, então saiba que isso é fruto de muito amor e cuidado.  “Os gatinhos que moram com seus donos e recebem comida e tratamento adequados podem viver mais de 20 anos do mesmo jeitinho”, explica Luana.

Quem quer massagem?

E quem nunca levou aquela massagem gostosa do seu gatinho? Eles fazem isso no seu colo ou nas cobertas porque a lembrança vem de quando eles eram filhotinhos (owwnn!) e esse movimento era como o de mamar. Além disso, isso também serve para ativar as glândulas da região, marcando território como os cães fazem com o seu xixi. Por fim, tem aquele detalhe sem igual: quando o seu Tito ficar massageando a área para deitar, não interrompa! Afinal, quanto mais fofinho, mais gostosa será a soneca com a sua mamãe de pet.

Veja também: Alimentos e Substâncias Proibidas para Cães e Gatos: Não deixe seu pet comer