13º Salário tem data de pagamento DIVULGADA: descubra quando você receberá

A primeira parcela do 13º salário do INSS para 2024 está programada para agosto, trazendo uma mudança significativa para aposentados e pensionistas. Entenda.

O 13º salário é um benefício anual pago a todos os trabalhadores brasileiros, inclusive aos aposentados e pensionistas do INSS. 

Este pagamento extra representa um importante complemento à renda anual desses beneficiários, proporcionando maior tranquilidade e poder de compra durante as festas de fim de ano.

Neste artigo, abordaremos em detalhes tudo o que você precisa saber sobre o 13º salário dos aposentados do INSS.

13º Salário tem data de pagamento DIVULGADA descubra quando você receberá
Saiba tudo sobre o pagamento do 13º salário – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Primeira parcela do 13º Salário do INSS em 2024: o que você precisa saber

A primeira parcela do 13º salário do INSS, prevista para agosto de 2024, marca um momento significativo para aposentados, pensionistas e outros beneficiários. 

Após a negação de antecipação do benefício, essa atualização representa uma mudança considerável para muitos que contam com essa renda extra para equilibrar suas finanças. 

A importância dessa parcela não pode ser subestimada, pois além de oferecer um alívio financeiro, incentiva um planejamento financeiro cuidadoso para evitar endividamentos, possibilitando a realização de sonhos e a economia.

A elegibilidade para o 13º salário do INSS se estende a aposentados, pensionistas e outros beneficiários, com exceção de quem recebe Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS) e Renda Mensal Vitalícia. 

O INSS organiza o pagamento em duas etapas, priorizando inicialmente aqueles que recebem até um salário mínimo e, posteriormente, os que têm renda acima desse valor. 

Para acompanhar o pagamento e verificar pendências, os beneficiários podem utilizar o número 135 ou acessar o portal Meu INSS online, garantindo que todas as informações estejam atualizadas e acessíveis.

Veja também: Afinal, MEI também é segurado do INSS ou não? Descubra a grande verdade

Um Direito do trabalhador brasileiro

O 13º salário é um benefício anual pago aos trabalhadores brasileiros, tanto do setor público quanto do privado, como forma de reconhecimento pelo seu trabalho e contribuição para o crescimento das empresas. 

Essa gratificação, equivalente a um salário extra, representa um importante complemento à renda familiar no final do ano.

Histórico

O 13º salário foi instituído no Brasil em 1962, através da Lei nº 4.090, e regulamentado pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

 A lei garante o pagamento do 13º salário a todos os trabalhadores que tenham cumprido pelo menos 15 dias de trabalho no ano.

Valor

O valor é calculado de forma proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano. Para cada mês trabalhado, o empregado recebe 1/12 (um doze avos) do seu salário bruto. Ou seja, quem trabalhou o ano inteiro recebe um salário extra integral.

Datas 

O 13º salário é dividido em duas parcelas:

  • 1ª parcela: deve ser paga até o dia 30 de novembro;
  • 2ª parcela: deve ser paga até o dia 20 de dezembro.

Em caso de rescisão de contrato de trabalho, o 13º salário é pago proporcionalmente ao tempo trabalhado no ano.

Consignações

É possível realizar consignações em folha de pagamento, mas é importante ter cautela e evitar comprometer grande parte da renda extra com empréstimos ou financiamentos.

Agora, confira algumas dicas para aproveitar o benefício. 

  • Planeje-se: defina prioridades e faça um orçamento para evitar gastos desnecessários;
  • Negocie dívidas: use o 13º para quitar dívidas com juros altos e melhorar sua saúde financeira;
  • Invista: aplique uma parte em investimentos de renda fixa ou variável para alcançar seus objetivos;
  • Reserve para emergências: mantenha uma reserva para imprevistos e situações emergenciais.

Veja também: Calendário do INSS de março já está disponível para consulta e tem surpresas