13º salário poderá ser repassado AINDA em fevereiro? Entenda os pagamentos antecipados

Muitos aposentados do INSS ainda aguardam a possibilidade de antecipação do 13º salário, mas será que ela realmente vai acontecer como nos anos anteriores?

Uma novidade incrível para clientes da Caixa Econômica Federal e aposentados do INSS: a antecipação do 13º salário já é uma realidade!

Essa medida traz um alívio financeiro bem-vindo, possibilitando o uso desse valor extra para diversas finalidades, desde quitar dívidas até realizar aquela viagem dos sonhos.

Então, caso você queira saber como ter acesso aos pagamentos para utilizá-los ainda neste mês, basta acompanhar o passo a passo que disponibilizamos abaixo.

Precisando de um dinheirinho extra? Veja quando acontecerão os pagamentos do 13º salário neste ano!
Precisando de um dinheirinho extra? Veja quando acontecerão os pagamentos do 13º salário neste ano! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Quem pode aproveitar a antecipação do 13º salário?

A princípio, a oportunidade de antecipar o 13º salário está aberta tanto para trabalhadores que recebem seu salário pela Caixa quanto para aposentados e pensionistas do INSS.

O processo é simples e direto, proporcionando uma flexibilidade financeira muito necessária para muitos.

Detalhes da antecipação

Você pode antecipar de R$ 500 até R$ 20 mil, dependendo do valor líquido do seu 13º ou da sua capacidade de pagamento.

Em suma, a operação tem vencimento na data do crédito da parcela antecipada do 13º, com um prazo máximo de 330 dias.

O pagamento é realizado na data de vencimento do contrato, e os juros são calculados com base na taxa em vigor no momento da contratação.

Como funciona essa modalidade do 13º salário?

Dessa forma, para os interessados, é essencial checar com sua empresa ou órgão pagador sobre a possibilidade de parcelamento do 13º salário e a data de disponibilização do crédito.

Essa antecipação é uma maneira eficaz de organizar suas finanças, com a clareza e a praticidade que você merece.

Direitos e elegibilidade

Ademais, para ser elegível para a antecipação do 13º salário, é necessário ter uma conta de depósito com crédito salário na Caixa e um vínculo empregatício de pelo menos 12 meses.

Aposentados e pensionistas permanentes do INSS também estão incluídos, desde que recebam o benefício em uma conta da Caixa.

A antecipação do 13º salário é uma excelente notícia para muitos brasileiros, oferecendo uma ajuda financeira oportuna.

Então, se você se enquadra nos critérios, não perca essa chance de antecipar seu benefício e aliviar suas finanças.

Fique por dentro: 13º salário do INSS em alterado em 2024? Confira HOJE (19/02) a decisão que já está em vigor

Afinal, o INSS vai liberar o 13º salário mais cedo?

A comunidade de aposentados e pensionistas está em expectativa quanto à antecipação do 13º salário do INSS em 2024, uma medida que trouxe alívio financeiro nos anos anteriores, especialmente durante a pandemia.

Em 2023, a antecipação beneficiou cerca de 32,5 milhões de pessoas com pagamentos entre maio e junho. Para 2024, a discussão ainda está em aberto, sem confirmação oficial do INSS.

Quem tem direito?

Em contrapartida, é importante destacar que nem todos os beneficiários do INSS têm direito ao 13º salário. Benefícios como o BPC (Benefício de Prestação Continuada) não se qualificam para o pagamento extra, sendo este um benefício assistencial.

Pagamentos do INSS em fevereiro

Por fim, o INSS está pagando os valores tradicionais para os segurados neste momento. Confira o calendário oficial.

Até um salário

  • Final 1: 23 de fevereiro;
  • Final 2: 26 de fevereiro;
  • Final 3: 27 de fevereiro;
  • Final 4: 28 de fevereiro;
  • Final 5: 29 de fevereiro;
  • Final 6: 1 de março;
  • Final 7: 4 de março;
  • Final 8: 5 de março;
  • Final 9: 6 de março;
  • Final 0: 7 de março.

Mais o que um salário

  • Final 1 ou 6: 1 de março;
  • Final 2 ou 7: 4 de março;
  • Final 3 ou 8: 5 de março;
  • Final 4 ou 9: 6 de março;
  • Final 5 ou 0: 7 de março.

Não perca: Comunicado OFICIAL aborda ausência na Prova de Vida do INSS, suspensão de pagamentos e mais