13º salário é confirmado para abril! Veja quem recebe

O governo antecipa o 13º salário do INSS, pagando em abril e maio. Benefício maior reflete o aumento do salário mínimo para R$ 1.412.

O 13º salário é uma das remunerações mais aguardadas por trabalhadores, aposentados e pensionistas em todo o Brasil. 

Representando uma renda extra ao fim do ano, este benefício ajuda muitos a equilibrar suas contas e planejar melhor o orçamento doméstico. 

A antecipação deste pagamento pode trazer um alívio financeiro significativo, permitindo que beneficiários enfrentem despesas imprevistas ou invistam em projetos pessoais, contribuindo assim para a dinamização da economia local.

13⁰ salário é confirmado para abril! Veja quem recebe
Saiba quem poderá receber o 13º salário neste mês – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Antecipação do 13º salário do INSS: uma boa notícia para beneficiários

A primeira parcela do 13º salário, que corresponde a 50% do total, será paga junto com os benefícios regulares de abril, enquanto a segunda parcela será liberada em maio. 

Esta antecipação é uma estratégia do governo para injetar mais dinheiro na economia e ajudar os beneficiários a melhorarem suas condições de vida de forma mais imediata.

Quem se beneficia com o 13º salário do INSS?

Os beneficiários do INSS, incluindo aposentados, pensionistas e outros segurados, terão acesso ao pagamento antecipado. 

É importante notar, porém, que aqueles que recebem benefícios assistenciais, como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), não são elegíveis para o 13º salário. 

Este grupo, apesar de receber suporte financeiro do governo, opera sob um regime diferenciado.

Impacto do aumento do salário mínimo

O aumento do salário mínimo para R$ 1.412 também influencia diretamente o valor do 13º salário, uma vez que muitos dos benefícios são calculados com base nesse mínimo.

Esse aumento de R$ 110 em relação ao ano anterior não apenas aumenta o montante do 13º, como também reflete o compromisso do governo em apoiar economicamente seus cidadãos mais vulneráveis.

Perspectivas

Esta antecipação do 13º salário é uma medida acolhida com entusiasmo por muitos, mas também serve como um lembrete das fragilidades econômicas que persistem. 

A medida, embora benéfica, destaca a necessidade contínua de políticas que sustentem e promovam a segurança financeira dos aposentados e pensionistas no Brasil. 

Veja também: Estes brasileiros não vão receber o 13⁰ salário do INSS em abril; entenda

Confira o calendário de pagamentos

Para uma organização eficiente, o INSS divulgou um calendário detalhado de pagamentos do 13º salário. 

Beneficiários que recebem até um salário mínimo têm datas específicas de pagamento de acordo com o final do número de seu benefício, estendendo-se de abril a junho. Essa programação ajuda os beneficiários a planejarem suas finanças.

Para quem recebe até 1 salário mínimo:

  • Final do NIS: 1 – pagamentos em 24/4 e 24/5
  • Final do NIS: 2 – pagamentos em 25/4 e 27/5
  • Final do NIS: 3 – pagamentos em 26/4 e 28/5
  • Final do NIS: 4 – pagamentos em 29/4 e 29/5
  • Final do NIS: 5 – pagamentos em 30/4 e 31/5
  • Final do NIS: 6 – pagamentos em 2/5 e 3/6
  • Final do NIS: 7 – pagamentos em 3/5 e 4/6
  • Final do NIS: 8 – pagamentos em 6/5 e 5/6
  • Final do NIS: 9 – pagamentos em 7/5 e 6/6
  • Final do NIS: 0 – pagamentos em 8/5 e 7/6

Para quem recebe mais que 1 salário mínimo:

  • Final do NIS: 1 e 6 – pagamentos em 2/5 e 3/6
  • Final do NIS: 2 e 7 – pagamentos em 3/5 e 4/6
  • Final do NIS: 3 e 8 – pagamentos em 6/5 e 5/6
  • Final do NIS: 4 e 9 – pagamentos em 7/5 e 6/6
  • Final do NIS: 5 e 0 – pagamentos em 8/5 e 7/6

Veja também: Como detectar e remover descontos indevidos nos benefícios do INSS