13º salário antecipado para brasileiros de NIS 0 ao 9; pagamento pode ultrapassar R$ 1,4 mil, CONSULTE

Em um movimento para aliviar as dificuldades financeiras enfrentadas por aposentados e pensionistas, o governo brasileiro antecipa o 13º salário do INSS, marcando um momento de celebração para muitos idosos.

Aposentados e pensionistas do INSS foram surpreendidos com a antecipação do 13º salário, uma medida que reflete o compromisso do governo em suportar os cidadãos mais vulneráveis.

Conforme declarado no decreto, a primeira parcela será paga na folha de abril e a segunda, em maio, beneficiando aqueles com o Número de Identificação Social (NIS) terminados em 9 e 0.

13º salário antecipado para brasileiros de NIS 0 ao 9; pagamento pode ultrapassar R$ 1,4 mil, CONSULTE
13º salário antecipado. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Quem está qualificado para receber a antecipação do 13º salário do INSS?

A antecipação do 13º salário do INSS é destinada aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social.

Esta medida, conforme o decreto presidencial, foi tomada para ajudar a aliviar a situação financeira desses beneficiários, permitindo-lhes receber uma parte do seu décimo terceiro salário antes do período de final de ano, que é quando tradicionalmente ocorre o pagamento integral do benefício.

A decisão visa injetar recursos na economia e apoiar os beneficiários do INSS a lidar com despesas extras ou emergenciais, contribuindo assim para um alívio financeiro significativo para essas pessoas.

Veja também: Data de saque da primeira parcela do 13º salário é REVELADA: saiba mais

Como posso consultar o valor do meu 13º salário antecipado?

Para consultar o valor do seu 13º salário antecipado do INSS, você tem várias opções disponíveis, permitindo acessar essa informação de forma conveniente e segura. Aqui estão as maneiras de fazer a consulta:

  1. Meu INSS Online: A maneira mais conveniente é através do portal Meu INSS (https://meu.inss.gov.br). Após fazer login com o seu CPF e senha, você pode acessar diversos serviços previdenciários, incluindo a consulta ao extrato de pagamentos, onde encontrará o valor do seu décimo terceiro salário.
  2. Aplicativo Meu INSS: O INSS também oferece um aplicativo móvel chamado “Meu INSS”, disponível para download gratuito na App Store (para dispositivos iOS) e na Google Play Store (para dispositivos Android). Com o aplicativo, além de realizar consultas, você pode acessar vários serviços relacionados à previdência social, incluindo a verificação do valor do seu 13º salário.
  3. Central de Atendimento 135: Outra opção é ligar para o telefone 135. Esse serviço está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h (horário de Brasília). Ao ligar, você pode solicitar informações sobre o seu 13º salário do INSS.
  4. Agências do INSS: Se preferir atendimento presencial, pode se dirigir a uma agência do INSS mais próxima. Lá, funcionários estarão disponíveis para fornecer informações sobre o seu décimo terceiro salário. Lembre-se de levar documentos pessoais, como RG e CPF, para facilitar a consulta.

Veja também: 13° do Bolsa Família será PAGO para todos? Entenda a liberação do governo e possível data

Existe um valor mínimo e máximo para a antecipação do 13º salário?

Sim, existe um valor mínimo e máximo para a antecipação do 13º salário dos beneficiários do INSS. Conforme informado, o valor mínimo da antecipação é de R$ 1.412, que corresponde ao valor mínimo dos benefícios pagos pelo INSS, como aposentadorias e pensões.

O valor máximo, por sua vez, é limitado ao teto do INSS, que é de R$ 7.000.

Esses valores refletem a política de pagamentos do INSS, que busca alinhar os benefícios com os padrões mínimos e máximos estabelecidos pela legislação previdenciária.

A antecipação do 13º salário é calculada com base no valor total anual do benefício, sendo a primeira parcela equivalente à metade desse valor, sem descontos.

Assim, a antecipação é uma porção proporcional desse cálculo, respeitando os limites mínimo e máximo estabelecidos.

Veja também: Revisão do salário INSS: quem pode pedir e como solicitar