13° do Bolsa Família será PAGO para todos? Entenda a liberação do governo e possível data

Muitos beneficiários do Bolsa Família aguardam pela liberação de um 13º pagamento do programa. Por isso, o governo liberou um novo comunicado.

Há alguns anos se fala sobre a possibilidade de o governo pagar uma parcela adicional do Bolsa Família, que atuaria como um possível 13º salário. Por isso, muitos até hoje aguardam essa liberação.

Em uma virada inesperada para os beneficiários do Bolsa Família, o governo federal anunciou que, em 2024, não será liberado o 13º salário para os mais de 21 milhões de lares brasileiros que contam com este apoio. Confira detalhes.

Você recebe o Bolsa Família? Confira a possibilidade de receber o pagamento do 13º salário do benefício este ano
Você recebe o Bolsa Família? Confira a possibilidade de receber o pagamento do 13º salário do benefício este ano / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

A decisão do governo sobre o 13º do Bolsa Família

O governo esclareceu que a decisão de não efetuar o pagamento do 13º salário do Bolsa Família está alinhada à legislação trabalhista brasileira, que destina o abono natalino aos trabalhadores do setor formal.

Essa interpretação reflete uma visão de que programas de assistência social, como o Bolsa Família, não se enquadram no mesmo contexto de empregos formais.

Acompanhe mais: Bolsa Família deste mês antecipará DUAS parcelas? Entenda o possível pagamento EXTRA

O impacto da ausência do 13º salário

A ausência do 13º salário do Bolsa Família coloca em evidência a importância de políticas governamentais voltadas para a inclusão socioeconômica dos beneficiários.

A atual administração enfatiza a geração de emprego e oportunidades de empreendedorismo como vias para oferecer uma fonte de renda mais estável e duradoura às famílias assistidas pelo programa.

Os benefícios mantidos em março

Apesar dessa mudança, o Bolsa Família continua a fornecer um suporte financeiro essencial às famílias inscritas.

Em março de 2024, os valores pagos refletem o compromisso do governo em manter o apoio, com um benefício mínimo de R$600 para famílias com até quatro membros, e R$142 por pessoa para aquelas com cinco ou mais integrantes. Veja os adicionais:

  1. Benefício Variável à Nutriz: destinado às famílias com crianças de 0 a 6 meses, visa apoiar a nutrição durante os primeiros meses de vida;
  2. Benefício Variável à Criança: para famílias com crianças entre 0 e 15 anos, buscando contribuir para a alimentação e o desenvolvimento saudável;
  3. Benefício Variável de Superação da Extrema Pobreza: calculado individualmente, visa garantir que a renda total da família ultrapasse o limite estabelecido para a extrema pobreza;
  4. Benefício Variável à Gestante: concedido para gestantes cadastradas no programa, abrangendo até nove parcelas mensais, para auxiliar no pré-natal e garantir a saúde da mãe e do bebê;
  5. Benefício Variável Jovem: para famílias com adolescentes entre 16 e 17 anos, incentivando a permanência na escola.

Cada um desses benefícios adicionais é concedido conforme critérios específicos, como a composição familiar e a renda mensal per capita, garantindo apoio às diferentes necessidades das famílias beneficiárias do Bolsa Família.

Fique de olho: Brasileiros que recebem o Bolsa Família poderão RECEBER cesta básica: confira os detalhes

Cronograma de pagamentos do Bolsa Família de março

O cronograma de pagamentos é organizado de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários, assegurando um planejamento eficaz e garantindo o acesso oportuno aos recursos financeiros. Veja só:

  • NIS com final 1: dia 15 de março
  • NIS com final 2: dia 16 de março (disponibilizado em 16/03, sábado)
  • NIS com final 3: dia 19 de março
  • NIS com final 4: dia 20 de março
  • NIS com final 5: dia 21 de março
  • NIS com final 6: dia 22 de março
  • NIS com final 7: dia 23 de março (disponibilizado em 23/03, sábado)
  • NIS com final 8: dia 26 de março
  • NIS com final 9: dia 27 de março
  • NIS com final 0: dia 28 de março

Vale destacar que pessoas que moram em áreas que sofreram com a ação de ventos naturais e calamidades receberam os valores no dia 15.

Não perca: Brasileiros que recebem o Bolsa Família poderão RECEBER cesta básica: confira os detalhes